Frio e neve ameaçam viagens de Natal de milhares na Europa

Frio e neve ameaçam viagens de Natal de milhares na Europa

Atualizado: Segunda-feira, 20 Dezembro de 2010 as 1:47

Os planos de viagem de milhares de pessoas para o Natal estão ameaçados pela onda de frio que atinge grande parte da Europa e vem provocando caos nos transportes há vários dias.

Vários aeroportos de cidades importantes da região, como Londres, Paris, Frankfurt, Amsterdã e Bruxelas, ainda enfrentam longas filas de passageiros que não puderam viajar no fim de semana após o cancelamento de voos por causa da neve e do frio intenso.

O aeroporto de Heathrow, em Londres, o mais movimentado do mundo, reabriu parcialmente nesta segunda-feira, mas vários voos ainda sofrem com cancelamentos e atrasos.

Milhares de pessoas foram obrigadas a dormir no aeroporto após apenas 20 voos terem decolado ou aterrissado em Heathrow no domingo. Em dias normais, mais de 1.300 voos passam pelo aeroporto.

As ligações de trem entre a Grã-Bretanha e o continente europeu, pelo Eurostar, também enfrentavam atrasos por causa do gelo e da neve nos trilhos.

Em Paris, cerca de 30% dos voos foram cancelados nos dois principais aeroportos da capital francesa, Charles de Gaulle e Orly.

No aeroporto de Frankfurt, cerca de metade dos voos foram cancelados nesta segunda-feira, muitos deles por causa do fechamento dos aeroportos de destino.

Dezembro mais frio

Na Grã-Bretanha, várias linhas de trens ficaram interrompidas e várias estradas foram fechadas por causa do mau tempo.

A temperatura na capital britânica chegou a -9 graus Celsius na manhã desta segunda-feira, com mais neve prevista para o final da tarde, após a mais forte nevasca em décadas no sábado.

Durante a madrugada, a cidade de Chesham, no condado de Buckinghamshire, no centro da Grã-Bretanha, registrou uma temperatura de -19,6 graus, a mais baixa do país.

Meteorologistas afirmam que este pode ser o mês de dezembro mais frio na Grã-Bretanha em mais de um século.

veja também