Gotemburgo, na Suécia, é modelo de qualidade de vida

Gotemburgo, na Suécia, é modelo de qualidade de vida

Atualizado: Sexta-feira, 28 Maio de 2010 as 3:48

Gotemburgo, no sudoeste da Suécia, possui belezas naturais e arquitetônicas. O mais interessante em uma visita à cidade, no entanto, é ver como funciona uma das sociedades mais bem organizadas e desenvolvidas do mundo nesse município litorâneo de pouco mais de 500 mil habitantes.

"Limpa, segura e organizada, é uma metrópole concebida para oferecer bem-estar e conforto aos cidadãos e garantir uma distribuição igualitária de renda", explica a brasileira Viviane Martins, que mora na Polônia e visitou a Suécia pela segunda vez em meados de 2009.

A cidade possui integração o mais harmoniosa possível com a natureza, e é possível chegar rapidamente a um arquipélago próximo à costa de Gotemburgo. Com cerca de 11 mil moradores, entre permanentes e de temporada, não é permitida a circulação de carros nas ilhas.

Outro aspecto ressaltado por Viviane é a população e seu nível educacional. "O povo é simpático e educado com os turistas. As leis de trânsito são respeitadas pelos motoristas, que mantêm uma velocidade média de 30 km/h em áreas residenciais. É só o pedestre pisar na faixa de segurança que os carros param para você atravessar", explica a brasileira.

O acesso e o transporte são outros pontos fortes da cidade, que possui dois aeroportos internacionais, linhas de barcos, ônibus e trólebus. "Nos pontos de embarque, um painel eletrônico informa quantos minutos faltam para o seu ônibus chegar", conta Viviane, retratando uma realidade difícil de ser vista em outras partes do mundo.

O site www.goteborg.com possui informações abrangentes sobre a cidade, com uma versão completa em português.

A internauta Viviane Martins, de Lomza (Polônia), participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. 

veja também