Governo prevê 35 mil no desfile de 7 de Setembro em Brasília

Governo prevê 35 mil no desfile de 7 de Setembro em Brasília

Atualizado: Terça-feira, 6 Setembro de 2011 as 8:29

Com o tema “Construir um Brasil que avança está em nossas mãos”, a Presidência da República espera atrair 35 mil pessoas nesta quarta (7 de Setembro) para as comemorações, em Brasília, do Dia da Independência.

Segundo a Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom), o evento custará ao governo federal R$ 899.960, R$ 100 mil a mais do que em 2010. Ainda de acordo com o Palácio do Planalto, a festa, que conta com desfile militar e apresentação da Esquadrilha da Fumaça, não terá novidades em relação à do ano passado.

A comemoração começa às 9h, com a chegada da presidente Dilma Rousseff, num desfile em carro aberto pela Esplanada dos Ministérios, no Rolls Royce da Presidência. Ao chegar à tribuna de honra, Dilma autorizará o início do desfile de militares da Marinha, Aeronáutica e Exército, que andarão dois quilômetros ao som de músicas tocadas pela banda presidencial.

Além de Dilma, estarão presentes ministros, parlamentares, e os chefes do Legislativo e do Judiciário. Não haverá participação de chefes de Estado de outros países.

Após o desfile, o público assistirá à apresentação da Esquadrilha da Fumaça, com manobras de aeronaves da Força Aérea Brasileira. A previsão é de que o evento termine às 10h30.

Estrutura

De acordo com a Secom, haverá 20 mil lugares na arquibancada e mil cadeiras na tribuna de honra. Serão 35 pontos de distribuição de água e 300 banheiros químicos.

O Governo do Distrito Federal organiza atividades para o público na parte da tarde. Uma tenda amarela será destinada ao “Espaço Criança”, com teatro de bonecos, circo e brincadeiras das 12h às 16h.

Em uma tenda verde, também das 12h às 16h, haverá atividades culturais, com apresentações de música e dança. Quem quiser comprar comidas e bebidas deverá procurar a tenda azul, onde, segundo a Secom, haverá venda de lanches a preços populares.

Nas tendas brancas, o público poderá comprar produtos da agricultura familiar e de artesanato indígena.

Manifestações

Em paralelo às comemorações pelo Dia da Independência, as redes sociais organizam um protesto contra a decisão da Câmara dos Deputados, que absolveu a deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF) em processo de cassação de mandato.

Ela foi flagrada em um vídeo recebendo dinheiro de Durval Barbosa, delator do chamado mensalão do Distrito Federal, em que parlamentares distritais e secretários estaduais supostamente recebiam propina para colaborar com o governo de José Roberto Arruda.

A concentração será às 10h em frente ao Museu Nacional, na Esplanada dos Ministérios.

veja também