Governos discutem desenvolvimento do turismo no Vale do Café (RJ)

Governos discutem desenvolvimento do turismo no Vale do Café (RJ)

Atualizado: Quarta-feira, 10 Junho de 2009 as 12

A cidade de Vassouras (RJ) recebeu na última segunda-feira, 8 de junho, o Fórum de Turismo do Vale do Café. O encontro reuniu autoridades de várias esferas para discutir ações integradas para desenvolver o turismo na região, que engloba catorze cidades do Médio Paraíba e Sul Fluminense no estado do Rio de Janeiro.

"O Vale do Café tem um potencial turístico muito rico. Tenho certeza que ele pode trazer inúmeros benefícios para toda a região se for desenvolvido", afirmou o ministro do Turismo, Luiz Barretto, durante a abertura do fórum.

Para Barretto, o encontro proporcionou uma interlocução entre as instâncias federal, estatudal e municipal na busca de uma iniciativa única. "O importante aqui é definirmos um projeto regional. Precisamos formatar todas idéias e começar a planejar passo-a-passo as medidas para atender todas as cidades."

Também participaram da cerimônia de abertura do forum o vice-governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, o prefeito de Vassouras (RJ), Renan Vinícius, a deputada federal Cida Diogo (PT-RJ), entre outras autoridades e representantes do turismo locais.

Segundo a presidente do Sebrae-RJ, Ana Lúcia Araujo, a atividade turística no vale ainda carece de infraestrutura. "Ainda há muito a fazer. No entanto, a gente pode afirmar que o setor vem crescendo. Há 15 anos haviam aproximadamente 75 hotéis. Hoje são 250", comenta.

Para a deputada Cida Diogo, que organizou o evento, é importante pensar em um projeto local de longo prazo. "Nós temos tudo para inaugurarmos uma nova década de crescimento do turismo por aqui. E isso será de suma importância para os moradores, principalmente para as próximas gerações", afirma.

O Vale do Café recebeu nos últimos três anos empenhos de quase R$ 9,5 milhões do MTur. A cidade de Vassoura foi beneciada com R$ 630 mil. A região também é uma das seis contempladas pelo Prodetur (Programa de Desenvolvimento do Turismo Nacional), contando com R$ 45 milhões dos US$ 190 milhões destinados ao estado do Rio de Janeiro.

O Café

Situado na Serra do Mar Fluminense, o Vale do Café oferece ao turista uma pedaço importante da história do Brasil nos séculos 18 e 19, tendo resquicios de Mata Atlântica como pano de fundo.

Na região ainda se encontram as heranças deixadas pelos barões do café, como fazendas de casorões requintados com enormes senzalas, além de monumentos arquitetônicos de época e ferrovias que marcavam o poder econômico do grupo.

veja também