Grande Muralha é atração de Parque do Chocolate em Pequim

Grande Muralha é atração de Parque do Chocolate em Pequim

Atualizado: Terça-feira, 26 Janeiro de 2010 as 12

No title A Grande Muralha e os guerreiros de terracota, dois clássicos chineses da arte universal, poderão ser visto e degustados no parque temático Chocolate Wonderland, em Pequim, que abrirá suas portas em 29 de janeiro.

Uma representação da Grande Muralha de 12 metros de comprimento e feita com sete toneladas de chocolate é uma das maiores atrações do Chocolate Wonderland, situado em uma praça ao norte do Estádio Olímpico de Pequim (Ninho de Pássaro) e que espera receber entre 10 mil e 20 mil visitantes até 10 de abril.

As primeiras 500 pessoas que foram à esta instalação de 20 mil metros quadrados, inspirada na obra A Fantástica Fábrica de Chocolate, poderão saborear a réplica da Grande Muralha na entrada, ao receberem um pedaço da estrutura que representa a fortaleza milenar.

A muralha de chocolate fica em um dos cinco pavilhões que formam o parque, e junto a ela se encontram pequenos guerreiros idênticos aos 7 mil que vigiaram o túmulo secreto de Qin Shi Huang, o primeiro imperador da China, em Xian.

Os verdadeiros soldados de terracota são de tamanho natural, enquanto os de chocolate medem cerca de 20 centímetros de altura e formam um conjunto de, aproximadamente, mil figuras.

O parque não abriga apenas estes dois mitos históricos, mas também porcelanas chinesas da dinastia Ming e peças tradicionais transformadas em doces.

Além disso, a exposição tem espaços para momentos correspondentes à vida moderna da China, de calçados e animais domésticos a um carro de tamanho natural - o primeiro assim na história da China -, passando pela imagem de um jogador de basquete.

A criadora da ideia de construir este parque, Zheng Yaoqing, disse que a instalação expõe vários temas. "Um é o chocolate no mundo e o patrimônio da China. Também há outra área sobre a moda e a vida moderna, incluindo veículos, aviões, lazer e esporte", acrescentou Zheng.

As imitações serão mantidas a uma temperatura de 18 graus abaixo de zero, sob a supervisão de um grupo de técnicos. O objetivo dos responsáveis do parque, cujo planejamento representou dois anos de trabalho e o uso de 80 toneladas de chocolate, é que o local este se transforme em um "símbolo" de Pequim durante os meses do inverno (hemisfério norte).

A entrada para o parque custará 80 iuanes (US$ 11,7) para os adultos e 60 iuanes (US$ 8,7) para os idosos e crianças.

veja também