Hora de se programar para as férias de verão

Hora de se programar para as férias de verão

Atualizado: Segunda-feira, 4 Outubro de 2010 as 2:22

Veja o que levar em consideração na hora de escolher o destino e analisar as acomodações

A chegada de outubro marca o começo do fim do ano. Com isso, chega a época de planejar as férias de verão, para evitar incomodação na hora de descansar. Entre as principais preocupações, estão o custo da estadia e a qualidade das acomodações. O Pense Imóveis traz um guia de dicas sobre o que verificar antes de escolher o seu destino, além de dicas de locais bem procurados nos litorais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

Antes de decidir onde ficar, é preciso saber até onde pode ir. Se a viagem é em família, o ideal é pensar em um lugar que agrade a todas as idades. Longos caminhos de carro causam desconforto, tédio e desgaste nas crianças, mas se não houver outro jeito, faça paradas a cada duas ou três horas.

Outro ponto importante é procurar saber detalhes sobre as acomodações. Número de camas, condições dos banheiros e disponibilidade de louça são indispensáveis. Afinal, ninguém quer chegar às férias com surpresas desagradáveis. Se o objetivo é descansar, o mínimo esperado é ter espaço para todos dormirem.

Alugar casa ou apartamento com cozinha é possibilidade de economizar nas refeições. Entretanto, deve-se saber como estão os utensílios da casa. De nada adianta ter o fogão se não houver ao menos uma panela para preparar um macarrão instantâneo.

Procurar informações sobre os serviços disponíveis na cidade também pode evitar desgastes desnecessários. Por mais pontos turísticos que existam para se conhecer, é necessário também ter posto de saúde, bancos e mercados por perto. Mesmo em época de férias, imprevistos acontecem e a informação, nesse caso, pode evitar dias estressantes.

Para onde ir?

A primeira definição deve ser sobre a intenção da viagem. No verão, as praias de RS e SC oferecem inúmeras atrações, desde quem quer descansar, passando por esporte e chegando àqueles que querem badalar nas férias.

Tramandaí , no litoral norte gaúcho, é a praia mais próxima da capital Porto Alegre, com distância de 118 km. Chamada de “capital das praias gaúchas”, é muito frequentada por gaúchos e por turistas do Uruguai e da Argentina. No verão, a população pode alcançar 250 mil habitantes em dias de semana e 500 mil, nos finais de semanas e feriados. O município oferece casas e apartamentos para a temporada. A praia também tem uma plataforma muito frequentada por surfistas.

Um pouco mais adiante, ainda no Rio Grande do Sul, Capão da Canoa , é uma das mais tradicionais e badaladas no litoral do Rio Grande do Sul. Oferece a maior parte das casas noturnas e é muito procurada por jovens. O município é composto por muitos prédios, mas casas são procuradas por famílias que querem ter mais liberdade na temporada.

Já na divisa com Santa Catarina, Torres é a última e mais bela praia da orla gaúcha. A 197 Km de Porto Alegre, recebeu este nome em função das formações rochosas que se estendem à beira-mar e que se parecem com torreões. Famílias e jovens procuram por casas e apartamentos durante todo o veraneio.

Em Santa Catarina, o turismo no verão é mais forte e bem segmentado. O litoral catarinense dispõe tanto de locais mais indicados para a família quanto para jovens e surfistas.

Garopaba é um município do litoral sul catarinense, dividido em oito praias. Quem gosta da vida mais urbana, pode ficar em casas e apartamentos no próprio município. Para jovens e surfistas, o destaque vai para a Praia da Ferrugem, que traz surfistas do Brasil inteiro. Os donos de imóveis do local são especialistas em receber turmas de amigos que querem dividir o aluguel em datas festivas como Ano Novo e Carnaval.

A Praia da Silveira também é muito procurada, pois é considerada uma das melhores praias do país para a prática do esporte pelo tamanho e formação de suas ondas, com ondulações que chegam tanto de nordeste, de leste ou do sul.

Próximo a Garopaba, Imbituba é considerada a capital nacional da Baleia-franca e estrutura-se mais a cada ano para receber o crescente número de turistas que visitam a cidade. Cidade pouco edificada, sua população se dispersa nos distritos do Mirim, Vila Nova e a Sede. Possui praias importantes como a Praia do Rosa , considerada uma das 30 baías mais bonitas do mundo.

O maior pólo turístico do Sul do Brasil é Balneário Camboriú . Além do visual paradisíaco, o conjunto de atrações propõe muito entretenimento para todos os gostos e idades. São centenas de bares com música ao vivo, restaurantes de todos os gêneros, casas de shows, boates, cervejaria, e centros de compras. Sua estrutura permite aluguéis por temporada tanto de casas quanto de apartamentos.

Florianópolis , capital catarinense, é formada por diversas praias, para todos os estilos.

Canasvieiras é conhecida pela beleza natural, completa infra-estrutura e atendimento bilíngue na maioria dos estabelecimentos. Os quesitos fazem de Canasvieiras o balneário preferido dos turistas latinos. Entretanto, não deixa de ser o destino certo de muitos brasileiros, como muitos gaúchos.

A Barra da Lagoa é importante núcleo pesqueiro da Ilha de Santa Catarina e recebe a cada ano um número maior de turistas, atraídos pelas belezas naturais e pela cordialidade dos manezinhos, que tratam a todos como velhos conhecidos.

Com três quilômetros de extensão, a Daniela é uma praia tipicamente calma, sem ondas e com areias finas. Banhada pelas águas mornas da Baía Norte e com uma larga faixa de areia que funciona quase como um imenso playground, é ótima para quem frequenta praia com crianças.

Mesmo sendo uma das preferidas pelos turistas, a Praia dos Ingleses mantém a tradição dos colonizadores açorianos. No verão, é o segundo balneário em concentração de turistas argentinos, perdendo apenas para Canasvieiras. No inverno, a pesca da tainha, as festas religiosas e as apresentações folclóricas são demonstrações da cultura manezinha. Lá, encontram-se apartamentos e casas para alugar por uma temporada.

Com três quilômetros e meio de extensão, a praia do Campeche fica entre a Joaquina e o Morro das Pedras , sem no entanto haver marcos geográficos nestas divisas. A faixa de areia branca e fina é larga, às vezes com formação de dunas. O mar grosso tem águas frias e de salinidade elevada. As ondas são fortes e as direitas com ondulação sul são muito esperadas pelos surfistas.

Localizada a 38 km do centro de Florianópolis, a Praia Brava é uma das mais lindas e charmosas de toda Ilha. É uma enseada de pouco mais de 1,5 km de extensão, possui mar agitado com ondas fortes e águas cristalinas. É local ideal para a prática de surf, mergulho e esportes radicais. Tem sido ponto de encontro de pessoas jovens, que transformaram a Brava num dos lugares mais agitados e badalados da Ilha. Possui boa infra-estrutura de hospedagem, com casas e apartamentos já disponíveis para aluguel por temporada.

Tradicional point da juventude da Ilha, a Praia Mole , que tem este nome devido à areia solta e macia, é frequentada principalmente por surfistas e praticantes de parapente, que aproveitam a encosta sul como rampa de decolagem.

Finalmente, para quem pode investir um pouco mais, indica-se Jurerê Internacional . Com casas e apartamentos de luxo, a praia é um dos destinos preferidos das celebridades no Brasil. São pouco mais de três quilômetros de extensão de areia fina e clara, que propiciam uma caminhada agradável. Na água, os veleiros e lanchas do Iate Clube de Santa Catarina dão um toque sofisticado ao visual.

veja também