Hotéis seis estrelas

Hotéis seis estrelas

Atualizado: Quinta-feira, 4 Fevereiro de 2010 as 12

Hotéis seis estrelas Eles são luxuosos e ostentam uma estrela a mais entre os donos, de fazer inveja a qualquer cinco estrelas No começo dos anos 1980, o diretor Francis Ford Copolla se apaixonou por Belize. E resolver transformar isso em negócio, criando um resort de luxo próximo a vestígios da civilização Maia. O ator Robert de Niro não foi tão longe para realizar seus desejos e abriu, com alguns sócios, um hotel em Manhattan. Ele costuma freqüentar seu próprio restaurante, Ago. Confira os outros hotéis do mundo, que, além das cinco estrelas dos hotéis luxuosos, carregam o nome de uma estrela entre seus donos.

Sundance Resort Dono: Robert Redford

Diária: média de US$ 317.

Localizado em Provo, Utah, Estados Unidos, o resort é aconchegante e possui serviço completo de spa, com salas de massagem e tratamentos variados. Só não serve para fumantes. Fumar lá é proibido e quem desobedece a regra está sujeito a multas. O resort fica em uma área de natureza preservada. Quem escolher o destino no inverno, pode esquiar: o local possui 26 quilômetros de pistas. Uma novidade recente por lá é o esqui noturno. O Sundance Film Festival, também idealizado por Robert Redford, acontece pertinho dali, em Park City, todos os anos, em janeiro.

Sobre o dono: Robert Redford é ator e diretor de cinema, e começou sua carreira no início dos anos 1960. Vinte anos depois consagrou-se como diretor ao receber o Oscar pelo filme Gente como a Gente. No final da década de 1980, Redford criou o Sundance Film Festival, até hoje o maior festival dedicado a filmes independentes nos Estados Unidos.

Mission Ranch Dono: Clint Eastwood

Diária: de US$ 120 a US$ 310.

Com quase 90 mil metros quadrados, o Mission Ranch é um dos lugares mais lindos da península de Monterey, no centro da Califórnia, Estados Unidos. O rancho já pertenceu a 17 pessoas e no século 19 foi uma das primeiras fábricas de laticínios da Califórnia. Em 1986, a propriedade foi comprada pelo ator e diretor Clint Eastwood. Transformado em hotel, o Mission Ranch conta, atualmente, com 31 quartos, muitos deles com vista para o mar, banheiras de hidromassagem, restaurante com vista panorâmica, piano bar, seis quadras de tênis, academia, entre outras atrações.

Sobre o dono: prestes a completar 80 anos, Clint Eastwood é ator, diretor e produtor de cinema. Sua fama teve início com os papéis “durões” e em filmes de western. De uns tempos para cá, ele passou a ser ovacionado como diretor, já tendo faturado a estatueta do Oscar quatro vezes. Seu último projeto é Invictus, com Morgan Freeman e Matt Damon, e está em cartaz nos cinemas do Brasil.

Blancaneaux Lodge Dono: Francis Ford Coppola

Diária: de US$ 230 a US$ 1760.

O cenário, em Belize, é deslumbrante. No começo dos anos 1980, Francis Ford Coppola esteve lá e se apaixonou à primeira vista pelo lugar. E decidiu comprar o então abandonado Blancaneaux Lodge. Por mais de uma década, o local serviu apenas como refúgio para a família Coppola. Esse paraíso tropical foi aberto ao público em 1993. A transformação do lugar em um resort de luxo deu chance para que os hóspedes desfrutem, ainda, dos vestígios da civilização Maia, presentes na região.

Sobre o dono: consagrado mundialmente pela trilogia de O Poderoso Chefão, Francis Ford Coppola é um dos diretores mais respeitados do cinema mundial. Sua filha, Sofia Coppola, seguiu os passos do pai e também é diretora de cinema. Em 2008, o cineasta manifestou seu apoio às Cataratas do Iguaçu como candidata ao título de nova maravilha da natureza. “Uma das mais espetaculares paisagens que eu já vi e um dos lugares mais incríveis que visitei são as Cataratas do Iguaçu”, afirmou na época.

The Clarence Donos: Bono e The Edge, do U2

Diária: de US$ 187 a US$ 2082.

Primeiro hotel boutique de Dublin, o Clarence fica localizado no centro da cidade, perto do famoso rio Liffey. O hotel aposta na simplicidade com elegância. Os donos desde 1992, Bono e The Edge, integrantes do U2, quiseram que o hóspede se sentisse na Irlanda do século 21 ao visitar o Clarence. Há quartos duplos, mas a maioria é equipada com camas king size. Cada quarto é diferente do outro e as decorações foram feitas em cinco cores: carmesim, azul royal, ametista, ouro e chocolate.

Sobre os donos: integrantes do U2, uma das bandas de rock mais famosas do mundo, Bono e The Edge, respectivamente vocalista e guitarrista do grupo, tocam juntos desde os anos 1970. Bono é famoso também por ser um ativista em prol de várias causas, como os direitos humanos. Em 2003, The Edge ficou em vigésimo quarto na lista dos 100 melhores guitarristas de todos os tempos, da revista Rolling Stone.

Greenwich Hotel Dono: Robert De Niro

Diária: de US$ 475 a US$ 695 (quartos), e de US$ 950 a US$ 5500 (suítes).

No coração do bairro TriBeCa, em Manhattan, Nova Iorque, o Greenwich Hotel pertence a Robert De Niro, juntamente com alguns sócios. O hotel de luxo tem oito andares, 88 quartos, sendo que 13 são suítes. Cada quarto é único, com uma decoração exclusiva. Antes chamado Downtown Hotel, ele foi reinaugurado com novo nome e proprietários em abril de 2007. De Niro costuma ir bastante lá, especialmente ao restaurante Ago.

Sobre o dono: considerado um dos atores mais viscerais dos últimos tempos, e famoso por ter interpretado muitos papéis em filmes de Martin Scorsese, Robert De Niro, atualmente com 66 anos, já engordou por causa de um papel. Tanta dedicação já rendeu duas estatuetas do Oscar: uma como melhor ator, por Raging Bull, e outra como melhor ator coadjuvante, por O Poderoso Chefão 2.

Palazzo Versace Dono: Donatella Versace

Toda a elegância que o nome Versace significa no mundo da moda pode ser conferida nesse hotel de luxo, localizado em Queensland, Austrália. O hotel conta com 205 quartos – decorados com móveis modernos –, três restaurantes, além de uma marina privativa. Há, ainda, um Palazzo Versace em Dubai, com 217 quartos.

Sobre a dona: depois da morte do irmão, o estilista Gianni Versace, assassinado em 1997, Donatella herdou a grife italiana, uma das mais famosas do mundo. Atualmente, se divide entre os negócios no mundo da moda, a hotelaria de luxo e suas aparições constantes nos tablóides de celebridades. 

Diária: de US$ 410 a US$ 505.

Por Fernanda Castello Branco

veja também