Ida ao topo do monte Roraima leva oito dias ou só uma hora

Ida ao topo do monte Roraima leva oito dias ou só uma hora

Atualizado: Segunda-feira, 12 Outubro de 2009 as 12

Há duas maneiras de alcançar o monte Roraima. A mais comum são as caminhadas pelas trilhas. Uma jornada que pode durar até oito dias, com acampamentos ao longo do percurso. Já no topo do monte, é possível ficar outros tantos dias mais confortavelmente instalado. Desta vez, em hotéis.

Como a subida é cansativa, se possível planeje a caminhada para o verão. Apesar do calor, os guias garantem que lá, durante essa estação chove menos, o que facilita o percurso -de até 80 quilômetros.

Voando

Se o tempo for curto, ou se você ainda não se sentir preparado para a caminhada, existe a possibilidade de subir o monte voando de helicóptero. Em menos de uma hora se alcança o topo. E o pouso, num platô de pedra, serve tanto para um giro rápido como para levar suprimentos para ficar acampado por algumas noites.

Se as condições de tempo permitirem, o passeio pode ser complementado com um pouso no Kukenan, monte vizinho ao Roraima. Ali, as formações rochosas são maiores, mais pontiagudas, fazendo surgir um cenário tão indescritível quanto o do monte Roraima.

Tanto em um platô quanto em outro, a parada dura apenas 20 minutos. A pausa precisa ser breve porque rapidamente o clima pode mudar e atrapalhar a decolagem do helicóptero.

Quem já experimentou as duas vias sente-se privilegiado por percorrer os caminhos, passar noites na mítica montanha e visualizar, de cima, a grandiosidade do enorme platô sendo coberto pelas nuvens.

"Existe uma força que me emociona sempre que estou perto do monte Roraima", afirma Magno de Souza, guia que já subiu o monte 67 vezes.

A partir da Venezuela

Não há uma via de subida pelo lado brasileiro do monte Roraima. Os passeios saem da pequena cidade fronteiriça venezuelana, Santa Elena de Uairén, onde pequenas hospedagens e um comércio recebem turistas em busca do monte.

veja também