Ilha da Madeira (Portugal) oferece sossego e forte contato com a natureza

Ilha da Madeira (Portugal) oferece sossego e forte contato com a natureza

Atualizado: Quinta-feira, 7 Maio de 2009 as 12

A Ilha da Madeira começou a ser povoada por volta de 1432/33. A primeira vez que o nome da ilha surgiu escrito, foi num documento de 23 de Setembro de 1433, quando D. Duarte acabou de assumir o trono e doou ao seu irmão Infante D. Henrique, as ilhas da Madeira e Porto Santo. Dois anos mais tarde, o Bispo de Burgos alegou no Concílio de Basileia: "Ilha da Madeira, que de há pouco tempo a esta parte começou a ser povoada por alguns portugueses".  

O arquipélago da Madeira apresenta um conjunto de cenários naturais que variam entre peculiares fajãs, montanhas e penhascos envoltos em finas névoas e montes vestidos a verde esmeralda.

É na exuberância da paisagem que se encontra um dos maiores atrativos turísticos da ilha da Madeira. Sua fascinante vegetação continua a atrair todos aqueles que mantêm um forte relacionamento com a natureza.

Este arquipélago inserido na região biogeográfica da Macaronésia detém um património natural de elevada importância científica, o qual foi reconhecido pela UNESCO como Património Natural Mundial. Sua origem é vulcânica, fica no oceano Atlântico a 32º de latitude norte e 17º de longitude oeste é formado pelas ilhas da Madeira, Porto Santo, Desertas e Selvagens.

A mais importante destas é a Madeira com o comprimento de 57 Km e largura de 22 Km. Com uma população de cerca de 260.000 habitantes a ilha é montanhosa e tem um clima mediterrânico com características sub-tropicais possuindo uma grande variedade de fauna e flora indígena e rara. A sua economia se baseia, sobretudo, na indústria turística, artesanato (bordados, vimes,etc...),flores e frutos tropicais.

Das seis cidades madeirenses ( Funchal,Porto Santo,Machico, Câmara de Lobos, Santa Cruz e Santana) o Funchal , situado na costa sul, é a capital e a cidade mais populosa com cerca de 120.000 habitantes.

Se considerarmos o tamanho da Ilha da Madeira, com certeza teremos alguma dificuldade em perceber como que é que esta ilha - dentre todas as do arquipélago - que tem tanto a oferecer. Desde monumentos, praças e ruas históricas na capital Funchal a jardins encantadores, vilas pitorescas, paisagens incríveis, grutas vulcânicas impressionantes, orlas costeiras dramáticas, praias naturais e vistas magníficas, há tanto para fazer que depressa se aperceberá de que é impossível percorrer tudo apenas numa visita à Madeira!

A Ilha da Madeira, é um dos maiores locais de turismo de Portugal, nesta ilha, refugiam-se na época balnear milhares de turistas de toda a parte do mundo. O oceano Atlântico convida-o a velejar, a pescar,a tentar ver baleias e golfinhos, a praticar ski aquático, surf e mergulho.

A temperatura da água do mar varia entre os 18 e os 24º C, dependendo da altura do ano. Para os entusiastas subaquáticos, a costa do Garajau oferece uma das primeiras reservas subaquáticas naturais da Europa. Em terra também existem muitas atividades disponíveis. A listagem exposta em baixo ajudá-lo-á a encontrar as coisas que gosta de fazer – e com quem pode fazê-las.

• Caminhadas

• Excursões na ilha

• Surf

• Equitação, Tenis & Golfe

• Mergulho

• Pesca Desportiva

• Baleias e Golfinhos

• Nau Santa Maria

• Teleféricos & Elevadores

• Barco para o Porto Santo

• Vôos de Helicóptero

• Carrinhos do Monte

• Compras

• Gastronomia

Neste contínuo esforço pela manutenção da natureza no seu estado primitivo, foram declaradas cinco diferentes zonas da Região como Reservas Naturais. São elas as Reservas das ilhas Desertas e Selvagens, a Reserva Natural da Rocha do Navio, a Reserva do Garajau e a Reserva da Ponta de S. Lourenço. Todas elas permitem-nos descobrir os diversos endemismos relativos à fauna e à flora.

veja também