Incrível rafting em Bariloche

Incrível rafting em Bariloche

Atualizado: Quarta-feira, 14 Abril de 2010 as 12

Após suportar dias de clima ruim na montanha, resolvi descer até Bariloche e aproveitar o conforto que a cidade oferece. Nos dias de vento e nevasca no Refúgio Frey é possível que em Bariloche o dia se apresente melhor. E foi em um desses dias que fui provar um pouco das corredeiras do Rio Manso.

O passeio de rafting é oferecido por várias agências de turismo na cidade, e o preço varia de R$ 120 a R$200. Tudo depende dos serviços agregados que você vai contratar, as agências oferecem café da manhã e churrasco no fim do passeio e também podem incluir uma cavalgada na programação do dia.

As operadoras de turismo, em sua maioria disponibilizam o transporte até a localidade onde inicia o rafting e esperam o grupo com carro no final do trajeto para retornarem até Bariloche. Além do transporte, também está incluído no valor todo o aluguel de equipamento. A única despesa extra do passeio é o ingresso de entrada no parque, sendo que, para não moradores de Bariloche, o valor é de cerca de R$10 por pessoa.

O Rio Manso passa pela Cordilheira dos Andes e segue para o Chile, o percurso do rafting mais popular inicia há 50 km ao sul de Bariloche e termina na divisa com o Chile, são ao todo 12 km de corredeiras e cerca de 2 horas de descida.

O Rafting

O grau de dificuldade do rafting no Rio Manso varia entre III e IV dependendo da época do ano. Por exemplo, no início da primavera quando começa o degelo da neve o nível de água do rio sobe consideravelmente aumentando a dificuldade em alguns trechos. Porém quando estive experimentando as águas geladas do Rio Manso as coisas estavam bem tranqüilas, já era fevereiro e o nível de água estava bem inferior e a dificuldade não passou do grau III ao longo das 10 corredeiras do percurso.

O que foi muito bem vindo por mim e pelos outros cinco que ocupavam o bote, todos fazendo rafting pela primeira vez. Na verdade o passeio é bem tranqüilo e seguro, desde que você esteja acompanhado de um guia competente, salva vidas e kayakista de segurança. No mais basta obedecer aos comandos do guia e desfrutar do visual, do contato com a natureza, da água azul, dos canyons de granito cinza e das aves nas margens do Rio Manso.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também