Intenção de viajar nos próximos meses é a maior desde 2006

Intenção de viajar nos próximos meses é a maior desde 2006

Atualizado: Sexta-feira, 25 Fevereiro de 2011 as 1:56

A intenção dos consumidores de viajar nos próximos seis meses subiu para 35,8% em janeiro deste ano – o maior percentual para o mês da série histórica da Sondagem do Consumidor Intenção de Viagem, iniciada em setembro de 2005.

A pesquisa, realizada pela FGV (Fundação Getulio Vargas) e divulgada pelo Ministério do Turismo nesta semana, mostra que, em janeiro de 2006, 34% dos consumidores tinham a intenção de viajar nos próximos seis meses, ao passo que, no mesmo mês de 2007, esse percentual passou para 27%; para 30,5%, em 2008; 23,8%, em 2009; e para 23,3% em janeiro do ano passado.

Ao todo, 60,6% dos pesquisados afirmaram que não pretendem viajar no período. E outros 3,6% disseram que ainda não têm certeza se realizarão uma viagem nos próximos seis meses.

Para a pesquisa, foram ouvidas 2 mil pessoas em sete capitais do País (Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e Recife). Os dados foram coletados entre os dias 3 e 21 de janeiro.

Intenção é menor entre a baixa renda

Os dados mostram que a intenção de viajar nos próximos seis meses é maior entre os consumidores de maior renda. Ao todo, 57,2% dos que têm renda acima de R$ 4.801 têm essa intenção, sendo que ela é maior entre aqueles com renda acima de R$ 9.600: 57,4% dos brasileiros que recebem esse valor mensalmente pretendem viajar.

Entre aqueles de menor renda, 15,4% dos que recebem até R$ 2.100 mil e 27,4% daqueles com renda entre R$ 2.101 e R$ 4.800 têm essa intenção. Entre os que têm ganhos de R$ 4.801 a R$ 9.600, 41,1% têm a intenção de viajar nos próximos seis meses.

A pesquisa ainda revela que a intenção de viajar é maior entre os homens que entre as mulheres. Ao todo, 40,1% deles e 33,8% delas querem viajar em seis meses.

A intenção daqueles que têm maior grau de instrução é maior que a dos demais. Segundo os dados, 52,9% dos consumidores com pós-graduação pretendem viajar no próximo semestre, ao passo que 39,7% dos que têm superior completo têm essa intenção, que alcança os 11,2% entre aqueles com o primeiro grau completo.

Mineiros são os que mais querem viajar

Entre as cidades analisadas pela pesquisa, o maior grau de intenção de viajar foi verificado entre os mineiros. Em Belo Horizonte, 43,7% dos entrevistados pretendem viajar, ao passo que Salvador registrou o menor percentual, de 30,4%.

Entre os que vivem no Recife, 39,9% têm essa intenção, que alcança os 39,7% em Brasília, 38,2% em Porto Alegre, 36,2% em São Paulo e 31,5% no Rio de Janeiro.

veja também