Inverno com muita neve, lagos e vulcões

Inverno com muita neve, lagos e vulcões

Atualizado: Segunda-feira, 27 Julho de 2009 as 12

Aproveite o charme do inverno chileno para conhecer o sul do Chile. Lagos, montanhas, vulcões, estações de esqui, spas de categoria internacional, luxuosos hotéis e pequenas cidades, com excelentes infraestrutura qualificam a região como um destino certo para as férias de inverno.

Em meio a paisagens cinematográficas, as cidades de Púcon e Puerto Varas, despontam como os principais portões de entrada para o turismo no sul chileno. No inverno, as temperaturas oscilam entre zero e 18°C, e as pistas de esqui ficam em operação até meados de setembro. Puerto Varas tem cara de casa de bonecas. Pequenina, simpática, repleta de construções de madeira da herança da colonização alemã e é monumento nacional no Chile. Quase grudada a Puerto Montt, mas muito mais fácil e agradável de ser explorada. Uma das melhores opções de hospedagem na região de Puerto Varas é o sofisticado Hotel Cabanas del Lago (www.cabanasdellago.cl). É um daqueles empreendimentos que nunca decepciona o hóspede exigente (tem um SPA que é uma referência no Chile e piscinas climatizadas). É também ideal para quem deseja desbravar o entorno do lago Llanquihue - o maior do país -, a exuberância dos vulcões Osorno (2.661 m de altitude) e Calbuco, o parque nacional Vicente Pérez Rosales e o salto de Petrohué. No rio os mais aventureiros podem praticar raftinge canoagem.

O pacote de sete dias (seis noites), que vale até setembro, custa a partir de US$ 1.096 (mais US$ 119 de taxa de embarque) por pessoa em apartamento duplo, com direito a passagem aérea, hospedagem, assistência de viagem, traslados e city tour em Puerto Montt e Puerto Varas. Mais informações pelo tel. (11) 3156-7777 ou pelo site (www.tourhouse.com.br/lazer)

Já o luxuoso resort Villarrica Park Lake Hotel (www.villarricaparklakehotel.cl), localizado em Púcon, garante aos hóspedes momentos de aconchego e proximidade em cenários dignos de capa de revista. Está à beira do lago homônimo, com o vulcão Villarrica emoldurando o horizonte e próximo à estação de esqui – com nove teleféricos e 20 pistas – que vão de 1.200 a 1.900 metros.

Quem tiver fôlego pode subir, mas o esforço compensa. Do alto, avista-se cinco lagos ao redor da montanha. Na região também pode-se praticar rafting, trekking e cavalgadas. O resort é uma das sugestões do Guia Condé Nast Johansens 2009, a Bíblia do turismo de luxo. Um programa de cinco dias com hospedagem no hotel sai por US$ 1.516 por pessoa em apartamento duplo, com passagem aérea, traslados e café da manhã. Informações ou reservas pelo 11/3017-5656 (Luxtravel Operadora).

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também