Itacaré (BA): opções variadas de turismo entre ecologia e cultura

Itacaré (BA): opções variadas de turismo entre ecologia e cultura

Atualizado: Sexta-feira, 24 Abril de 2009 as 12

Protegida por um cinturão de Mata Atlântica, Itacaré se abre em uma vasta extensão de praias paradisíacas, rodeadas por coqueirais e areias brancas. Rios, imponentes cachoeiras, matas virgens, restingas e manguezais completam o estonteante cenário natural deste verdadeiro santuário ecológico primitivo, chamariz para a prática de rapel, rafting, passeios de canoas, caminhadas, trilhas ecológicas e o melhor do surf em praias de ondas perfeitas. 

A cidade está a 428km de Salvador e surgiu às margens do Rio de Contas, a partir da fundação da Igreja de São Miguel, que passa a dar nome ao povoado; São Miguel da Barra do Rio de Contas. Somente em 1931, passou a chamar-se Itacaré.

A arquitetura local é marcada pelos antigos casarões e sobrados, fruto dos quase 100 anos de extravagância e prosperidade, decorrente da produção cacaueira desta que foi a principal rota de escoamento do cacau, parte marcante da história baiana. A cidade dispõe de uma infra-estrutura completa, incluindo resorts de luxo, além das pousadas.

História & Cultura

A cidade que teve origem a partir de uma aldeia de índios, ao norte de Ilhéus, quando o jesuíta Luís da Grã ergueu no século XVII, na margem meridional do rio de Contas, uma capela em louvor ao Arcanjo São Miguel, batizando o povoado de São Miguel da Barra do Rio de Contas (criado pela Carta Régia de 1731), atual Itacaré (do tupi-guarani ita = pedra e karé – arcado, torto, há autores que admitem itaca – rio marulhoso, e ré – diferente), um dos mais belos cenários da Costa do Cacau.

A Matriz de São Miguel, com aproximadamente 300 anos, e a casa dos Jesuítas são os monumentos históricos mais importantes da cidade. O município ainda preserva sobrados e casarões, atualmente transformados em pousada e casa comerciais.

Atrações Turísticas

Em Itacaré existem diversas opções de lazer, a rua Pedro Longo concentra a maior parte dos bares e restaurantes, onde é possível saborear delícias típicas da região e a famosa pizza a metro. O agito fica por conta do tradicional forró pé-de-serra ou, se preferir, da moderna música eletrônica. Além de diversas cachoeiras e cerca de 28 praias a disposição do visitantes, muitas cachoeiras ficam em fazendas que cobram uma pequena taxa de entrada para sua conservação. O importante é que o visitante tenha conciência de que ele tem que preservar e não só usufruir do que a natureza nos oferece.

Trilha das Gameleiras

Conhecer e banhar-se na agradável praia da Ribeira ou em um pequeno riacho que forma uma piscina natural. Há serviços de cabanas. Seguindo a Trilha das Gameleiras por 3 km em meio à Mata Atlântica com vista para o mar, passa-se pela Praia Siríaco (com pequena caverna, e deserta). Ao continuar a caminhada chega-se ao Mirante do Pacelete, local considerado excelente para pesca. Logo depois, a trilha termina na simpática Prainha, onde se pode tomar um revitalizante banho de mar e se refrescar com uma deliciosa água de coco. Relaxe e prepare-se para a caminhada de volta, pois existem alguns pontos de subida íngreme.

Fazenda São José – Villas São José

A fazenda possui 70% de sua área de Mata Atlântica e é uma RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural). Possui uma praia protegida por falésias. No local há um complexo ecoturístico, com trilhas e, criação de capivaras, emas e jacarés.

Fazenda Haiti

Caminhar por trilha na Mata Atlântica, conhecendo a fazenda. Desfrutar da Cachoeira do Arnaude ou, ainda, banhar-se na Praia de São José.

Trilha Interpretativa Alto da Esperanca ou Vila Camboinha

Durante a caminhada de 1 hora, pode-se apreciar e conhecer a exuberante beleza da Mata Atlântica primária, observar árvores centenárias de grande porte e beleza inigualável. Esta trilha termina em uma represa de águas correntes que nascem na própria mata. Este passeio é feito necessariamente com reserva antecipada e em grupo de, no máximo, oito pessoas. No passeio obtém-se informações sobre a região e alternativas de sustentabilidade ambiental. Possui viveiro para manejo de espécies da Mata Atlântica com venda de mudas nessa propriedade.

CACHOEIRAS

Cachoeira do Carioca ou Tijuípe ou Florian

Conhecer a Fazenda do Carioca e banhar-se na belíssima cachoeira de águas límpidas formada pelo rio Tijuípe, com grande volume d’água e seus vários níveis de queda.

Distrito Taboquinhas

Caminhar pelos rochedos que formam as corredeiras do rio de Contas, cercados pela Mata Atlântica. Aproveitar para conhecer o pequeno “canyon” e banhar-se nas prainhas do rio e na Cachoeira do Fumo.

Cachoeira da Usina / Taboquinhas

Conhecer a Fazenda Providência, banhar-se na cachoeira e contemplar a beleza da Mata Atlântica.

Cachoeira do Cleandro

Conhecer as belezas naturais do rio de Contas e banhar-se na piscina natural formada pelas duas seções de queda d´água da cachoeira do Cleandro.

Cachoeira Pancada Grande ou Véu de Noiva

Além de observar as belezas do rio de Contas, o turista poderá caminhar pelo antigo caminho de pedras entre os cacaueiros, apreciar e banhar-se na belíssima cachoeira que possui uma das maiores quedas d´água da região, com aproximadamente 40 m de altura.

PRAIAS

Praia do Pontal

Norte de Itacaré, são 6 km de praia e muita beleza. O acesso deve ser feito de barco, atravessando o rio de Contas. Excelente para caminhadas.

Praia Piracanga

Norte de Itacaré, o acesso é feito de barco. Está encravada no santuário ecológico do rio Piracanga, possui manguezais, lagoas, cajueiros, coqueiral e garças, entre outras espécies de fauna e flora.

Praia da Coroa

Urbana, sem vegetação, com recifes, possui barraca de praia. Boa para a prática de esportes como windsurf e passeios de Caiaque.

Praia da Concha

Praia de mar calmo, urbana, mais próxima da cidade, é a mais freqüentada por moradores e turistas. Apresenta vegetação densa, Mata Atlântica e muitos coqueiral, várias cabanas de praia, pousadas e camping. Tem píer de pescadores e ruínas de um farol. Excelente lugar para apreciar o pôr-do-sol e tirar fotografias.

Praia do Resende

Próxima à cidade, porém pouco freqüentada, com muitos coqueiros, é boa para banho de mar.

Praia da Tiririca

Praia dos Surfistas. Acontecem ali algumas etapas do campeonato baiano de surf. Tem água doce que desce da serra coberta pela Mata Atlântica. Possui infra-estrutura.

Praia da Costa

Praia muito boa para banho, possui pequena extensão (100m), com muitos coqueiros e Mata Atlântica.

Praia da Ribeira

Última praia urbana acessível por estrada, muito procurada pelos moradores e turistas. Localizada numa enseada, possui piscina natural de água cristalina, formada pelas nascentes que descem de um morro coberto de Mata Atlântica. Possui várias barracas de praia.

Praia Siríaco

Acesso pela trilha das Gameleiras, saindo da praia da Ribeira ou de barco; possui uma caverna pequena. Boa para banho.

Prainha

Acesso pela trilha das Gameleiras, que sai da praia da Ribeira pela floresta e cruza cachoeiras, ou de barco. Fica junto a uma fazenda de cocos, isolada no meio da Mata Atlântica. Boa para banho.

Praia de São José

Pouco freqüentada, situada na fazenda São José (anteriormente descrita).

Praia Jeribucaçu

Recifes, coqueiros, manguezais e Mata Atlântica. Acesso por mar ou por trilhas passando pela Mata Atlântica ou fazendas de coqueiros, e pela BA-001, com autorização do proprietário.

Praia Engenhoca

Coqueiros e Mata Atlântica. Acesso por mar ou trilhas passando pela Mata Atlântica ou fazendas de coqueiros e pela BA-001, com autorização do proprietário. Recomendada para surf.

Praia Havaizinho ou Burundanga

Acesso por trilha em meio à Mata Atlântica. Pouco freqüentada.

Praia Camboinha

Relevo bastante atraente, com presença de falésias, onde deságua uma cascata na areia da praia. Possui remanescentes da Mata Atlântica. Acesso por mar ou trilhas.

Praia Itacarezinho

Com grande extensão, vegetação densa com coqueirais e manguezais. Boa para banho, caminhadas e surf. Acesso de carro pela BA-001.

Praia do Rubão

Com vastos coqueirais. Boa para banho de mar e caminhadas.

Praia Barra do Sargy

Foz do rio Sargy, com formação de mangue. Boa para banho, pesca, gastronomia e caminhadas.Este rio corresponde ao limite sul da APA Itacaré/Serra Grande.

Como Chegar  

De Carro:

Saindo de Salvador pela BR-324, deve-se ir até o entroncamento com a BR-101 sentido Ilhéus, passando por Itabuna ou Uruçuca. A partir de Ilhéus, segue-se pela BA-001 até Itacaré. São 65 km pela estrada ecológica.

De Ônibus:

Empresa Águia Branca - tel.: (71) 4004.1010, disponibiliza linhas diretas Salvador-Itacaré.

De Avião:

A Tam (0300-123-1000) e Gol (0300-789-2121) mantêm vôos diários para Ilhéus, partindo de Salvador, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo. A partir de Ilhéus, existem ônibus saindo do terminal rodoviário, para a localidade.

veja também