JovemTur forma três mil jovens para o setor de turismo em SP

JovemTur forma três mil jovens para o setor de turismo em SP

Atualizado: Terça-feira, 8 Setembro de 2009 as 12

O Turismo está entre as indústrias do futuro. Essa é a aposta de três mil estudantes de ensino médio da rede pública paulista que, na noite da última sexta-feira, receberam diploma pela conclusão de cursos de qualificação oferecidos pelo JovemTur (Projeto de Qualificação de Jovens em Turismo).

"O curso proporcionou uma visão ampliada do que é o turismo e o que ele representa para uma nação. Por meio do JovemTur, podemos conhecer melhor o Brasil. Eu me sinto agora realizada", disse Ingrid Machado, uma das oradoras. Ela dividiu o palco com Paulo Henrique, que também representou a turma.

Durante a entrega dos certificados, o ministro do Turismo, Luiz Barretto, parabenizou os alunos que "prestes a escolherem uma profissão, optaram pelo Turismo, dando um voto de confiança ao crescimento desta atividade que é, hoje, uma das maiores empregadoras de mão-de-obra do mundo. Esses jovens estão reconhecendo no turismo uma perspectiva de futuro, emprego e cidadania".

A iniciativa é resultado de um convênio firmado entre o MTur e a Umes (União Municipal dos Estudantes Secundaristas). A partir da parceria, 140 horas/aula expositvas, teórias e laboratoriais foram estruturadas, com conteúdos-chave para a atuação em diferentes ocupações do setor. O curso foi realizado no contraturno escolar, em 19 unidades escolares de seis diferentes regiões da cidade de São Paulo.

Os alunos estudaram os processos e o funcionamento do receptivo turístico e receberam noções básicas sobre algumas atividades, como auxiliar de cozinha, camareira, guia de turismo e atendente de hotelaria. Formados, eles estão habilitados a ocupar os cargos "júnior" e "auxiliar" no mercado formal de trabalho.

O primeiro contato dos alunos com o mercado aconteceu durante a realização de visitas técnicas a empresas do setor e pontos turísticos da capital paulista. De acordo com a Umes, um banco de dados com informações curriculares dos formados será disponibilizado e consultado por empresas associadas à Abav (Associação Brasileira de Agências de Viagem).

veja também