Lago Verde de Lanzarote - um anfiteatro aberto para o oceano

Lago Verde de Lanzarote - um anfiteatro aberto para o oceano

Atualizado: Quinta-feira, 5 Agosto de 2010 as 4:16

Sob o domínio do poder espanhol ficam as ilhas Canárias. Na parte norte deste arquipélago está Lanzarote, a terra dos vulcões adormecidos. Dentro das maravilhas naturais moldadas pela água, o fogo e o vento, o Lago Verde assiste ao mar como num espetáculo. Num anfiteatro aberto para o oceano.

Esse resultado só pode ser visto no dias de hoje após a erupção que ocorreu em 1730 naquela região. O Lago Verde, então, ficou posicionado bem no centro da formação rochosa esculpida pela ação vulcânica.

A coloração esmeralda da água é impressionante. É acentuadamente verde devido ao fitoplâncton que vive sob sua superfície. Lá em suas profundezas, não é raro encontrar pedras semi-preciosas como a olivina - esse material é aproveitado pelos artesãos locais no design de jóias.

Entre o tesouro verde e as ondas do mar, há uma faixa de areia de cerca de 300 metros de extensão pigmentadas de um preto peculiar. Todos os tons e contornos registrados pelo tempo formam esse conjunto maravilhoso. O banho no Largo Verde é proibido porque a área está sob proteção ambiental mas há outros diversos pontos de águas e encantos que você pode conhecer de perto.

A beleza das características da ilha de Lanzarote fica pequena nas palavras.

Por: Fernanda Fadel

veja também