Luzes da Torre Eiffel promovem espetáculo em Paris

Luzes da Torre Eiffel promovem espetáculo em Paris

Atualizado: Sexta-feira, 12 Novembro de 2010 as 3:16

Se durante o dia a famosa Torre Eiffel impressiona pela imponência e beleza do arranjo de toneladas de ferro, é à noite que ela encanta de vez aos olhos e dá a sensação de uma inesquecível visita a Paris com a contemplação, por cinco minutos, de milhares de luzes brilhando, de forma intermitente e magnética, por todo o monumento.

A partir das 21h até a meia-noite, sempre na hora cheia, milhares de minilâmpadas brancas promovem um balé ao longo dos 300 metros de altura da torre. Ver o espetáculo em partes distintas da cidade tem sempre um efeito diferente para o turista.

Uma das vistas mais interessantes do brilho é ficar sobre uma das pontes do Sena. Nas De Grenelle -onde fica uma réplica menor da estátua da Liberdade- e de Bir Hakeim é possível ter um retrato livre e nítido da torre piscante e seu reflexo nas águas claras do rio.

O espetáculo das luzes é tão forte que impõe acachapante vitória na disputa com um céu com luar e estrelas.

Optar por contemplar os cinco minutos de brilho junto à margem do rio, bem aos pés da Eiffel, também é uma boa escolha, mais intimista. Do local, é possível ter uma perspectiva melhor da dimensão da torre e da quantidade de lâmpadas dispostas.

Para quem quiser ver o show de luzes com mais barulho e animação, há pelo menos duas opções. A primeira são os gramados do Champ de Mars, bem junto à torre, onde centenas de casais, sobretudo os mais jovens, ficam com garrafas e champanhe esperando o momento do início do brilho, deitados no chão.

O outro ponto é do alto do Palácio de Chaillot, onde os turistas têm uma visão frontal perfeita e próxima da torre. No local, porém, ficam dezenas de vendedores ambulantes de diversos tipos de cacarecos. Artistas mambembes exibindo exotismo e flashes são disparados de todos os lados o tempo todo.

Durante as festas de final de ano, além do show de luzes, há também espetáculos pirotécnicos na torre.

DO ALTO

Contemplar Paris do alto da Torre Eiffel é um programa interessante, mas não fundamental. Encarar horas de filas e pagar até R$ 35 para ter uma visão panorâmica da cidade é bem mais cansativo do que ir até a basílica de Sacre Coeur e, sem grandes multidões, também ter uma vista privilegiada da capital francesa.

Bem mais charmoso, romântico e memorável que ver Paris das alturas é subir apenas até o nível do restaurante da torre, o Jules Verne, que é todo envidraçado.

Com entrada, refeição, sobremesa e vista exclusiva, um casal gasta, em média, R$ 130. Vale cada centavo.

veja também