Ministério Público que mais rigor com rotas de cruzeiros para Fernando de Noronha

Ministério Público que mais rigor com rotas de cruzeiros para Fernando de Noronha

Atualizado: Sexta-feira, 15 Outubro de 2010 as 1:54

Os cruzeiros para Fernando de Noronha podem estar na sua última temporada. Preocupado com o impacto que os navios causam no ecossistema do arquipélago (que é área de proteção federal), o Ministério Público Federal de Pernambuco quer mais rigor na fiscalização e na concessão de licenças para a exploração do turismo na região. As mudanças serão implementadas a partir do próximo ano. Para esta temporada 2010/2011, a programação do navio Bleu de France, da CVC (única empresa que opera as rotas para Noronha), está mantida.

Atualmente, a entidade que fiscaliza o turismo e dá as licenças de exploração no arquipélago é a Agência Estadual de Meio Ambiente de Pernambuco (CPRH), alvo de denúncias de irregularidade por parte do Instituto Chico Mendes (ICM-Bio), órgão federal responsável pelo Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha. O MPF, que chegou a recomendar a interrupção dos cruzeiros na região, vai redigir um termo de ajustamento de conduta entre as partes, na qual o governo estadual se comprometerá a uma fiscalização mais rígida, como pede o órgão federal.

- Segundo as denúncias, as licenças foram renovadas sem passar pelo ICM-Bio. Além disso, há denúncias de outras irregularidades ambientais - explica a procuradora Mona Lisa Duarte Ismail, que cuida do caso.

A CVC diz que está em dia com todas as exigências técnicas da CPRH e que os estudos de acompanhamento ambiental, feitos pelo órgão estadual, comprovam que não houve impacto nos últimos tempos.

Polêmicas à parte, a companhia escalou para seu roteiro exclusivo o Bleu de France, que estreia na costa brasileira. São 374 cabines para 989 passageiros (nos roteiros para Fernando de Noronha só são permitidos até 700 passageiros), com três piscinas e spa. De 21 de novembro até maio o navio fará cruzeiros de três a oito noites, saindo de Recife ou Salvador.

Outro estreante da CVC será o Horizon, que fará cruzeiros de quatro a seis noites, com embarques em Santos e no Rio, e paradas em São Francisco do Sul (SC), Itajaí (SC) e Vitória. A bordo, um teatro com 900 lugares, metade da capacidade de passageiros do navio.

O maior navio da frota é o Soberano, para 2.800 passageiros, com embarque no Rio, Santos e Salvador, visitando também algumas praias do litoral fluminense. O Soberano fará cruzeiros de Natal e réveillon. O primeiro terá cinco noites, com saída e chegada em Santos e paradas em Búzios e em Mangaratiba. O segundo (seis noites), terá as mesmas escalas mais uma parada em Copacabana para assistir à queima de fogos. Zenith e o Imperatriz completam a frota.

Estreante espanhol com alma de carioca

Na sua segunda temporada no Brasil, o braço mais popular e animado do grupo Costa, a Ibero Cruzeiros, também tem um navio que os cariocas podem chamar de seu. Em sua estreia em águas brasileiras, o Grand Holiday atracará na Praça Mauá em todos os 17 cruzeiros que fará no litoral do país, de dezembro a março. Em todas as viagens, seu destino final é o Rio. Em 15 delas, a cidade também será o ponto de partida.

Comprado pela Ibero Cruzeiros ano passado, o Grand Holiday passou por uma reforma de 35 milhões. Medindo 222 metros de comprimento e com 46.052 toneladas, a embarcação tem nove conveses (cada um batizado com o nome de uma cidade espanhola) e 730 cabines que comportam até 1.848 passageiros, auxiliados por uma tripulação de 615 pessoas. A bordo, há dois restaurantes, um bufê, diversos bares e cafés, duas piscinas para adultos e uma infantil, três jacuzzis, biblioteca, teatro, discoteca, cassino, sala de jogos, cybercafé e área infantil.

O primeiro cruzeiro do Grand Holiday no Brasil será em 9 de dezembro, saindo de Santos e fazendo paradas no Rio e em Angra dos Reis. Os roteiros de sete noites terão embarque no Rio e em Salvador, Maceió e Vitória, além de escala em Búzios, e os minicruzeiros sairão de Santos e também do Rio.

Outro navio da Ibero que será presença constante no Porto do Rio é o Grand Celebration, com capacidade para 1.896 passageiros, que fará cinco cruzeiros (de oito a dez noites) para Buenos Aires, com embarque e desembarque no Rio e paradas em Búzios e Ilhabela. A terceira embarcação que a Ibero Cruzeiros traz este ano é o Grand Mistral.

AidaCara: Alle an Bord

Quem entendeu o título ("AidaCara: todos a bordo") poderá embarcar sem medo neste que é um dos cinco navios que virão ao Brasil pela primeira vez nesta temporada. O alemão é a língua oficial dos 369 tripulantes e 1.180 passageiros que cabem no AidaCara, da Aida Cruises, também do grupo Costa.

A maioria dos passageiros é formada por europeus, mas há lugar também para brasileiros da colônia alemã ou estudantes da língua de Goethe que queiram praticar. Os pacotes custam a partir de 899 (cerca de R$ 2.085). O navio fará três cruzeiros de 14 dias pela costa brasileira, tendo Santos como ponto de partida e chegada e parando no Rio, em Angra, Ilhabela, Punta del Este, Buenos Aires, Montevidéu e Itajaí.

CVC: O pacote, por pessoa em cabine interna dupla, no Bleu de France, com Noronha no roteiro, sai a partir de US$ 786 (R$ 1.320, quatro noites), US$ 958 (R$ 1.609, cinco noites), US$ 1.376 (R$ 2.311, Natal) e US$ 1.420 (R$ 2.385, réveillon). No Soberano, sete noites saem a partir de US$ 1.020 (R$ 1.713), US$ 850 (R$ 1.427, Natal, cinco noites) e US$ 1.239 (R$ 2.081, réveillon, seis noites). www.cvc.com.br

Ibero Cruzeiros:O Grand Holiday tem minicruzeiros de três noites a partir de US$ 229 (R$ 384) por pessoa em cabine interna dupla. Os cruzeiros de sete noites custam a partir de US$ 679 (R$ 1.140, Bahia), US$ 729 (R$ 1.224, Natal), US$ 859 (R$ 1.442, carnaval) e US$ 909 (R$ 1.526, réveillon). Já no Grand Celebration, os minicruzeiros de três noites saem, por pessoa, a partir de US$ 229 (R$ 384). Os cruzeiros para Buenos Aires custam a partir de US$ 859 (R$ 1.442). www.iberocruzeiros.com.br

veja também