Ministro acredita em vocação de Ribeirão Preto (SP) para o turismo

Ministro acredita em vocação de Ribeirão Preto (SP) para o turismo

Atualizado: Terça-feira, 26 Maio de 2009 as 12

A vitalidade da indústria de Ribeirão Preto (SP) reúne todas as potencialidades para tornar a região um polo do turismo de negócios e eventos. Essa é opinião do ministro do Turismo, Luiz Barretto, que esteve na cidade nesta segunda-feira, 25 de maio, para o lançamento da cartilha Ribeirão Preto - Destino Referência em Turismo de Negócios e Eventos. O estudo apresenta um diagnóstico estratégico para o desenvolvimento do segmento na região. "Essa cartilha é um manual importante para consolidarmos esse trabalho com todas as vertentes ligadas a esse mercado", afirmou.

A cartilha faz parte do Projeto Destinos Referência em Segmentos Turísticos, iniciativa do Ministério do Turismo que identificou o potencial de dez destinos brasileiros para transformá-los em modelos a serem aplicados em outras localidades.

A cidade de Ribeirão Preto foi escolhida pelo desenvolvimento em setores estratégicos da economia mundial, como a agroindústria, que desenvolve, entre outros produtos, o biodiesel. "É a capital mundial do Etanol. É essa imagem que queremos vender do Brasil e, consequentemente, de Ribeirão", declarou Barretto.

Durante a visita, o ministro discutiu com a prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera (DEM-SP), propostas para a implantação de sinalização turística e a construção de um Centro de Convenções e de uma Arena Multiuso na cidade. A prefeita pediu ainda apoio do Ministério do Turismo na disputa para receber uma etapa da Fórmula Indy e seleções da Copa do Mundo de 2014. De acordo com Barretto, o fundamental é ter planejamento. "Assim, gradativamente, poderemos atender as necessidades da região, que ainda tem deficiências, como a falta de um espaço para eventos. Nós já investimos R$ 4 milhões em Ribeirão Preto. Queremos incrementar esse apoio", completou.

O projeto para os destinos referência do Ministério do Turismo vai fazer um acompanhamento do grau de evolução das potencialidades das regiões turísticas. Com isso, anualmente, serão elaborados planos de ação para a cidade de Ribeirão Preto e região.

Atualmente, o segmento de Turismo de Negócios & Eventos é um dos mais promissores do setor. No último dia 15 de maio, a International Congress and Convention Association (ICCA), principal entidade mundial do setor, apresentou o Brasil entre os dez países que mais sediam eventos no mundo. Foram 254 eventos internacionais realizados em 2008 dentro dos critérios da associação. O desempenho fez com que o país passasse do 8º para o 7º lugar no ranking da ICCA. Em 2003, o Brasil ocupava a 19ª posição.

veja também