Mítico Hotel Chelsea fecha as portas em Nova York

Mítico Hotel Chelsea fecha as portas em Nova York

Atualizado: Quarta-feira, 3 Agosto de 2011 as 10:48

O mítico Hotel Chelsea fechou as portas em Nova York por tempo indeterminado, informou nesta segunda-feira um funcionário. Segundo o jornal "The New York Times", o estabelecimento teria sido vendido por 80 milhões de dólares ao empresário Joseph Chetrit, e fechado as portas para passar por uma reforma.

"Não estamos aceitando reservas", disse um funcionário do hotel, que não quis revelar sua identidade. Ele afirmou não saber por quanto tempo o estabelecimento ficará fechado.

Os moradores do hotel poderão permanecer em seus apartamentos durante as obras, que devem levar um ano, segundo o "New York Times".

O Hotel Chelsea tornou-se na década de 1950 um dos símbolos da boemia nova-iorquina, refúgio de músicos e artistas que foram símbolos de rebeldia. Pelo prédio de tijolos vermelhos de 12 andares, conhecido por seu letreiro em néon, passou um longa lista de celebridades, entre elas o dramaturgo Arthur Miller e as cantoras Janis Joplin e Patti Smith.

Segundo o "New York Times", os inquilinos do hotel fizeram neste sábado uma festa de despedida, organizada por Tony Notarberardino, que morou por 17 anos no local.    

veja também