Natureza, gastronomia e música são atrações do Maranhão

Natureza, gastronomia e música são atrações do Maranhão

Atualizado: Quarta-feira, 24 Agosto de 2011 as 10:49

Maranhão é o destino certo para quem gosta de natureza, gastronomia e música. Além dos famosos Lençóis Maranhenses, o turista se depara com 640 quilômetros de extensão de praias tropicais, floresta Amazônica, cerrados, mangues e delta em mar aberto. Localizado entre as regiões Norte e Nordeste, o estado possui uma diversidade de ecossistemas. "O destino é muito procurado pelos adeptos do ecoturismo", relata o guia de turismo José Augusto Mendes. É no litoral do Maranhão que se encontra uma região desértica, os Lençóis Maranhenses.

Entre as vastas dunas de areia estão lagoas verdes e azuis, que formam piscinas naturais como a Lagoa Bonita. O espetáculo é possível graças às chuvas que caem sobre a região no primeiro semestre do ano. "A melhor época para visitar o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é entre julho e novembro", destaca o guia, que indica também outro parque. "No Parque Nacional Chapada das Mesas o viajante encontra cachoeiras dentro de cavernas e as praias do rio Tocantins".

Fundada em 1612 por franceses, a capital maranhense São Luís está localizada numa ilha cercada por belas praias como Ponta D'Areia, Calhau, Olho D'Água e Araçagy. Seu famoso conjunto arquitetônico, chamado 'Centro Histórico', possui cerca de cinco mil imóveis datados dos séculos 18 e 19, e foi tombado em 1997 como Patrimônio da Humanidade pela Unesco. São Luís também é chamada de 'Cidade dos Azulejos' por ter diversas fachadas de residências cobertas por azulejos portugueses decorados. Outro apelido curioso que a capital possui é 'Jamaica Brasileira'. No final da década de 70, os rádios sintonizados em ondas curtas captavam os sons vindos do Caribe e, rapidamente, o ritmo cantado por Bob Marley virou febre na ilha.

Se o assunto é culinária, a cantora Alcione é uma expert e todo o ano faz uma festança temática para 300 convidados com comidas típicas maranhenses em sua casa no Rio. "É no aniversário da minha irmã Solange, em junho. A organização começa com dois meses de antecedência. Trazemos tudo de lá: temperos, peixes, frutos do mar e farinhas especiais", revela a Marrom, que põe a mão na massa e prepara seu famoso arroz de cuxá e a imperdível torta de caranguejo.

Cultura: Festa e Folclore No Bumba-Meu-Boi, os participantes usam roupas coloridas e bordadas. Todos dançam e cantam ao som de uma orquestra composta de maracás, chocalhos, tambores e pandeiros. Já o tambor de criola utiliza três tipos de tambores: o grande, que faz o solo; o sucador, responsável pelo ritmo; e o quirimbador, que faz o som mais rápido. Enquanto os homens tocam as músicas, as mulheres cantam e dançam mantendo a tradição regional

veja também