No inverno é necessário ter cuidados especiais com os automóveis

No inverno é necessário ter cuidados especiais com os automóveis

Atualizado: Quinta-feira, 3 Julho de 2008 as 12

Com a proximidade das férias escolares de julho, e também da chegada do inverno, alguns cuidados especiais com o automóvel são essencialmente importantes nas viagens e no uso cotidiano nas cidades. Veja  alguma dicas de como cuidar de seu veículo:

Para veículos flexíveis: O carro flex tem um pequeno reservatório de gasolina, cujo consumo aumenta em dias frios. Se o tanque estiver abastecido com álcool ou com uma mistura maior de álcool, usa-se a gasolina para dar a partida, quando o motor está abaixo de 10ºC aproximadamente. Nos dias frios, esse reservatório tende a se esvaziar. E, se a gasolina acabar, isso pode comprometer a ignição do veículo e prejudicar o conjunto de partida, velas etc. Por conta do maior consumo de gasolina do reservatório, é preciso verificá-lo com mais freqüência.

Nível de água do esguicho do limpador: especialmente requerido durante as viagens. A chuva e a garoa são comuns, principalmente em trechos de serra. Antes de ligar o limpador, recomenda-se esguichar a água para melhorar o contato da borracha com o vidro. É preciso manter esse reservatório abastecido, para não comprometer o funcionamento do sistema de limpeza;

Nível de água do radiador: Muita gente só se lembra do radiador e do líquido de arrefecimento no verão, quando a água é mais usada para resfriar o calor do motor. Porém, no inverno, principalmente nas viagens, o radiador também opera em sobrecarga, por isso é preciso verificar o nível de água. Se estiver abaixo do nível mínimo, é sinal de que há problemas no arrefecimento;

Verificação de todas as lâmpadas do veículo: usadas principalmente nas viagens à noite e nos casos de forte neblina. O mau funcionamento de uma delas pode confundir outros motoristas a distância, e comprometer a segurança;

Atenção especial ao funcionamento das luzes auxiliares: atualmente, os carros têm várias luzes auxiliares, como aquela vermelha que fica acesa nos pára-choques, para facilitar a visão do carro no nevoeiro, bem como as de neblina que têm longo alcance e facilitam a visão do motorista em condições adversas. Os repetidores de seta (no retrovisor ou na carroceria) também são luzes auxiliares para marcar posição;

Ligar o ar-condicionado por alguns minutos: Mesmo em dias frios, é importante ligar o ar condicionado para fazer o sistema funcionar. O não-funcionamento pode acarretar perda da eficiência do gás e quebra de peças importantes, como serpentina, condensador e do próprio mecanismo;

Verifique as borrachas e mangueiras do motor: No inverno, o ar se torna mais seco e pode ressecar e romper mais facilmente a borracha (que leva água em sua composição). É importante checar esses itens, pois um defeito em uma das mangueiras pode comprometer gravemente o funcionamento do motor;

Veja com seu mecânico a possibilidade de adicionar líquido anticongelante para radiadores. O inverno brasileiro não costuma registrar neve, porém a temperatura pode cair a 0ºC em algumas regiões serranas e no sul do país. O líquido de arrefecimento pode ficar em estado sólido, embora a probabilidade seja muito pequena em um país como o Brasil.

Faça uma limpeza nos vidros, para evitar embaçamento e sujeira: no inverno, a maioria das pessoas circula com os vidros fechados. A condensação do ar que respiramos em contato com o vidro forma gotículas de água que embaçam a superfície do vidro. Utilize uma solução de água com um pouco de álcool nos vidros internos e externos, secando logo em seguida. Essa solução ajuda a desengordurar e limpar os vidros, melhora a visualização e aumenta a segurança;

Troque as palhetas do limpador de pára-brisa: é preciso trocar as palhetas a cada seis meses, para garantir um funcionamento eficiente em caso de chuva. Com o tempo, a borracha resseca e pode danificar o vidro, deixando-o manchado e prejudicando a visão e a segurança;

Cobertores, principalmente durante as viagens: no caso de alguma pane, a temperatura no interior do carro pode ficar muito baixa em regiões rurais ou serranas. Por isso, leve um cobertor no porta-malas para usá-lo enquanto aguarda um guincho ou socorro mecânico;

Faça uma revisão completa no seu mecânico de confiança para checar itens como freio, suspensão, pneus, filtros, nível do óleo, emissão de poluentes, correias, sistema elétrico. E também os principais itens de segurança, como macaco, extintor de incêndio, chave de roda ou kit de reparos emergenciais e pneu estepe.

veja também