Novos roteiros turísticos mostram um Brasil cheio de cultura e ecoturismo

Novos roteiros turísticos mostram um Brasil cheio de cultura e ecoturismo

Atualizado: Segunda-feira, 19 Outubro de 2009 as 12

As belezas e encantos do litoral brasileiro já são velhos conhecidos dos turistas que gostam de viajar pelo País. O que pouca gente sabe é que cidades do interior de Pernambuco, da Paraíba e de Alagoas guardam tesouros arquitetônicos e históricos ligados à produção da cana de açúcar e que é possível visitá-las  hospedando-se numa das casas-grandes dos antigos engenhos da região.

Outra faceta turística pouco conhecida dos visitantes do Brasil é o maior conjunto de cânions do país que fica entre as divisas do Rio Grande do Sul e Santa Catarina e promove um verdadeiro deleite aos amantes do Turismo de Aventura.

Essas e outras descobertas serão realizadas por aqueles que embarcarem num dos inovadores roteiros turísticos da segunda edição do projeto Rede de Cooperação Técnica para Roteirização.

No próximo dia 22 de outubro, às 15h, na ABAV 2009, os roteiros serão apresentados em estande próprio, onde equipes especializadas prestarão informações durante todo o evento aos agentes de viagens. No local, também será possível conferir uma exposição de fotos dos atrativos dos roteiros.  O projeto é uma parceria entre Ministério do Turismo (MTur) e Sebrae Nacional com gestão do Instituto Marca Brasil (IMB) e Sebraes estaduais.

O Secretário Nacional de Políticas do MTur, Airton Pereira, acredita que os roteiros da Rede de Cooperação são uma excelente oportunidade para as agências e operadoras. ?Os roteiros são novidade e foram idealizados com um olhar voltado às necessidades e expectativas do mercado. Além disso, tem um forte caráter de inovação e certamente serão comercializados com facilidade?, acredita.

Os roteiros integram diversos estados nas cinco macroregiões do país. Dival Schmidt, coordenador de turismo do Sebrae Nacional, acha que o projeto é um dos mais eficientes processos de acesso a mercados. ?Diante dos eventos esportivos que o Brasil vai abrigar como a Copa do Mundo e as Olimpíadas torna-se obrigatória sua disseminação e uso em grande escala?, comenta.

Para o presidente do IMB, José Zuquim, os roteiros integrados do Rede de Cooperação são um mix de produtos turísticos ordenados dentro de uma identidade temática. ?A partir de um variado conjunto de atrativos e serviços podem ser construídas diversas opções de experiências inovadoras para os turistas adaptando-as a disponibilidade de tempo e recursos de cada um?, avalia.

De acordo com a diretora do IMB, Daniela Bitencourt, os novos roteiros formatados pelo projeto contemplam um apanhado de variados atrativos culturais e de ecoturismo das cinco regiões brasileiras ?Os roteiros fogem do lugar comum e oferecem aos turistas nacionais e internacionais a possibilidade de uma imersão profunda na cultura e nas paisagens exuberantes do nosso país?, explica.

O projeto

Na primeira edição, realizada em 2005, o projeto Rede de Cooperação Técnica para Roteirização envolveu 130 técnicos de todas as regiões brasileiras, resultando na estruturação de cinco roteiros e na consolidação de uma grande Rede Nacional. Os roteiros da primeira fase são: Rota das Emoções - Jericoacoara ? Delta do Parnaíba - Lençóis Maranhenses, Roteiro Turístico Caminhos da Revolução Acreana, Roteiro Integrado Iguassu Misiones, Roteiro Integrado Estrada Real ? Caminho Velho e Roteiro Integrado de Brasília - Chapada dos Veadeiros.

Roteiros da segunda edição do projeto Rede de Cooperação Técnica para Roteirização:

APARADOS DA SERRA

A divisa do Rio Grande do Sul com Santa Catarina é o lugar onde se localiza o maior conjunto de cânions do relevo brasileiro. Trata-se de um lugar privilegiado para o turismo de aventura, contando com diversas trilhas e parques ecológicos gigantescos. Por isso, o roteiro dos Aparados da Serra ? que inclui as cidades gaúchas de São Francisco de Paula, São José dos Ausentes e Cambará do Sul, assim como os municípios catarinenses de São Joaquim, Bom Jardim da Serra, Urubici e Praia Grande ? constitui-se no destino perfeito para quem aprecia um clima frio, cercado por uma natureza exuberante, na companhia de um povo acolhedor e comprometido com a sua tradição.

TRAVESSIA DO PANTANAL

Considerada a maior planície alagada do planeta e a terceira maior reserva ambiental do mundo, o Pantanal brasileiro está localizado nos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Muito conhecido por sua fauna e flora diversificadas, o local atrai turistas do mundo inteiro, que buscam uma paisagem exótica e atividades inusitadas como pesca, safári, trilhas e passeios de barco. O roteiro Travessia do Pantanal terá como pólos as cidades de Corumbá, no Mato Grosso do Sul, e Cáceres, no Mato Grosso. No roteiro, o turista terá a oportunidade de conhecer fazendas históricas, sítios arqueológicos, cidades portuárias, cenários da Guerra do Paraguai, e ainda poderá apreciar a exuberante biodiversidade da região.

CIVILIZAÇÃO DO AÇÚCAR

O objetivo principal do roteiro ''Civilização do Açúcar'' é incrementar a atividade turística nos estados de Pernambuco, Paraíba e Alagoas, desviando a já tradicional ênfase nas exuberantes atrações litorâneas da região, para o desenvolvimento de destinos no interior desses estados. Para isso, a estratégia estará calcada sobre a valorização dos aspectos culturais relacionados à histórica produção de cana de açúcar, introduzida no Brasil por meio de Pernambuco, e posteriormente disseminada pelos demais estados participantes do roteiro. Seus principais atrativos são: cidades históricas, arquitetura colonial (casarios, igrejas, fortes), visitas a engenhos, hospedagem nas casas-grandes dos antigos engenhos, interação com os costumes da população local, encenação de fatos históricos, culinária típica (rapadura, cachaça), folclore (maracatu, frevo, ciranda), praias de águas calmas (coqueiros, piscinas naturais, recifes e bancos de areia), turismo rural, ecológico e de aventura, reservas florestais.

ROTA 174 ? AMAZONAS/RORAIMA

Para quem deseja uma experiência em contato com a natureza em seu estado original, a região norte do Brasil é sem dúvida o lugar ideal. Ocupando 40% da área territorial do país, a região abriga a mais preciosa reserva tropical do planeta - a floresta amazônica - um exuberante patrimônio biológico que povoará para sempre os sonhos daqueles que percorrerem seus muitos caminhos, a fim de desvendar seus coloridos mistérios. Além disso, o roteiro conta com importantes atrativos histórico-culturais, como a riqueza arquitetônica das cidades de Manaus e Boa Vista e a cultura indígena em suas mais diversas manifestações.

ROTEIRO INTEGRADO DO SUDESTE

O objetivo deste roteiro e incentivar os turistas a percorrer a região sudeste do Brasil, estimulando o turismo interno entre os estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo.  O foco é no turista auto guiado que hoje já é a maioria que usufrui dos produtos turísticos da região. A idéia é promover uma série de atrativos e estabelecimentos de serviços entre os quatro estados, com acesso através das seguintes rodovias: Presidente Dutra (RJ - SP), Fernão Dias (SP - MG), BR 262 (ES - MG), e BR 101 (ES - RJ). O roteiro inclui 30 municípios referências, pólos turísticos de regiões que oferecem belezas naturais, clima e diversidade cultural, que retratam a região mais rica, de maior tecnologia e potencialidades de mercado do país.

veja também