Número de voos nacionais em 2009 tem maior crescimento em 5 anos

Número de voos nacionais em 2009 tem maior crescimento em 5 anos

Atualizado: Sexta-feira, 15 Janeiro de 2010 as 12

O total de desembarques de voos nacionais apresentou alta de 17,65% em 2009, frente ao ano de 2008. Esse foi o maior crescimento desde 2005, aponta levantamento da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) divulgado nesta quarta-feira (9).

No ano passado, foram contabilizados 56,255 milhões de desembarques nacionais, contra 47,814 milhões um ano antes.

Linhas internacionais

Considerando o número de passageiros transportados em 2009 nos voos internacionais, constata-se uma queda de 0,59% em relação ao ano anterior.

Isso porque, no ano passado, foram registrados 21,013 milhões de desembarques, contra 21,137 milhões em 2008.

Assentos

Na comparação entre 2008 e 2009, a oferta de assentos nos voos nacionais subiu 15,43%, passando de 73,014 milhões para 84,283 milhões. O índice de aproveitamento também aumentou, de 65,43% para 66,75%.

Considerando os voos internacionais, foram oferecidos 30,186 milhões de assentos no ano passado, 0,67% a mais do que os 30,186 milhões de 2008. Quanto à taxa de aproveitamento, em 2009, o índice atingiu 69,61%, ante 70,49% no ano anterior.

Mensal

No mês de dezembro do ano passado, os desembarques nacionais chegaram a 6,02 milhões, número 37,70% superior aos 4,376 milhões no mesmo período de 2008. Na comparação com novembro, quando foram registrados 5,217 milhões de desembarques, houve alta de 15,53%.

Considerando os voos internacionais, houve aumento de 13,37%, ao passar de 1,709 milhão, em dezembro 2008, para 1,937 milhão, no último mês de 2009. Comparando com o mês de novembro, houve alta de 11,39%.

Em relação aos assentos ofertados, houve alta de 24,92% nas linhas domésticas, passando de 6,546 milhões, em dezembro de 2008, para 8,178 milhões, no mesmo período de 2009. Nas linhas internacionais, houve aumento de 1,80%, na mesma base comparativa, passando de 2,549 milhões para 2,595 milhões.

Na comparação com novembro, quando foram ofertados 7,371 milhões de assentos para desembarques nacionais, houve alta de 10,95%. Já em relação à oferta de assentos internacionais, houve alta de 7,72%.

veja também