Oficina capacita pessoal para a gestão do turismo

Oficina capacita pessoal para a gestão do turismo

Atualizado: Quinta-feira, 20 Agosto de 2009 as 12

Representantes de 16 entidades públicas e privadas vão trabalhar com o Ministério do Turismo e instâncias de governança do Ceará pelo desenvolvimento da atividade turística no estado. O compromisso foi firmado, nesta quinta-feira (20/8), pelos gestores que participam, nos últimos dois dias, da 3ª Oficina de Gestão dos 65 Destinos Indutores do Desenvolvimento Regional, promovida na capital cearense pelo Ministério do Turismo.

A oficina serviu justamente para consolidar e fortalecer o grupo gestor de Fortaleza, criado em 2007/8, na primeira etapa de realização do Estudo de Competitividade dos 65 Destinos, promovido pelo MTur em parceria com o Sebrae e a Fundação Getúlio Vargas. ''Os 65 vão servir de referência para os demais destinos turísticos do país. Por isso, a importância de termos grupos gestores atuantes para liderar o processo de desenvolvimento da atividade em suas regiões'', afirma a consultora Tânia Brizolla, ex-diretora do MTur e uma das articuladoras da oficina.

Representantes da Secretaria Municipal de Turismo de Fortaleza, de entidades de prestadores de serviços e de profissionais do turismo participaram da capacitação ministrada pelo Instituto Marca Brasil (IMB) durante dois dias. Fortaleza foi o terceiro e último município, depois de Balneário Camboriú (SC) e Bento Gonçalves (RS), a participar do projeto piloto de Gestão dos 65 destino. O objetivo é ''promover o alinhamento dos atores locais sobre a importância da competitividade por meio da cooperação e do pensamento inovador''.

veja também