Oscar 2011: quanto custa se hospedar nas cidades cinematográficas?

Oscar 2011: quanto custa se hospedar nas cidades cinematográficas?

Atualizado: Sexta-feira, 11 Fevereiro de 2011 as 3:26

SÃO PAULO – Uma das maiores e mais populares premiações da sétima arte é o Academy Awards. Em 2011, o Oscar chega à 83ª edição e será realizado no próximo dia 27 de fevereiro, no tradicional Teatro Kodak, em Los Angeles, Estados Unidos.

No dia do aniversário de São Paulo, em 25 de janeiro, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou quais são as películas indicadas à estatueta de Melhor Filme. São elas: 127 horas, Bravura indômita, Cisne Negro, O Discurso do Rei, Inverno da Alma, Minhas Mães e Meu pai, A Origem, A Rede Social, Toy Story 3 e O Vencedor.

Agora, que tal prestigiar os indicados ao Oscar, visitando as cidades onde eles foram gravados? No portal Hoteis.com é possível encontrar os estabelecimentos que receberam melhor avaliação dos usuários e também os mais baratos.

Confira abaixo algumas opções de hotéis em cidades cinematográficas, como Nova York, Londres e Paris.

Balé em Nova York (Cisne Negro)

Cisne Negro, ou Black Swan, conta a história da bailarina Nina Sayers (interpretada por Natalie Portman) e seu desejo de superação para se tornar a melhor. A trama acontece quando a companhia de dança da qual ela faz parte decide apresentar O Lago dos Cisnes, de Tchaikovsky.

Interpretar o Cisne Branco (Odette) é fácil, pois Nina é naturalmente uma garota inocente e doce. Porém, a tensão aparece com o desafio de fazer o Cisne Negro (Odile), tão sensual e sedutora, já que ela tem de superar seus medos e limites físicos para conquistar o topo.

Para vivenciar os locais onde o diretor Darren Aronofsky desenvolve sua trama, os cinéfilos devem ir para Nova York. De acordo com o site Hotéis.com, o estabelecimento mais barato é o Fresh Hotel and Hostel, perto do rio Hudson, que sai por R$ 128 a diária do quarto.

Já o hotel mais recomendado é o Salisbury Hotel, com 95% de indicações e diária a partir de R$ 235. Ele fica próximo do Central Park, da Quinta Avenida e do Rockefeller Plaza.

Palavras embaçadas pelo fog londrino (O discurso do Rei)

George (interpretado por Colin Firth) pertence à família real britânica e, desde criança, sofre com a gagueira. Ele tenta solucioná-la com vários médicos, mas apenas Lionel Logue (Geoffrey Rush), com seu método pouco tradicional, parece conseguir sanar o problema.

Além do tratamento, o médico desenvolve diversas conversas com George, como um psicólogo, o que os aproxima. A autoconfiança conquistada pelo rapaz o faz conseguir enfrentar o desafio de assumir o reino no lugar do irmão, que abdicou. A época é 1936, na iminência da Segunda Guerra Mundial.

O filme do diretor Tom Hooper se passa em Londres, onde a maioria das cenas foi gravada. Na capital britânica, o hotel mais barato é o Comfort Hotel Harrow, a cinco minutos da estação de metrô Northwick Park, cujo quarto sai por R$ 99.

Já o mais recomendado, com 100% de indicações, é o The Parkcity Hotel London, que custa R$ 350 a diária e localiza-se perto do Palácio de Buckingham, Big Ben e Hyde Park.

Diversidade (Minhas Mães e Meu Pai)

Com o nome original The Kids All Right, o filme conta a história do casal homossexual Nic (interpretada por Anette Benning) e Jules (Julianne Moore), que possuem um casal de filhos concebidos por inseminação artificial.

A tensão familiar se inicia quando Joni (Mia Wasikowska) completa 18 anos e, junto com o irmão Laser (Josh Hutcherson), vai solicitar na clínica médica os dados do homem que doou os espermas. Então, eles conhecem Paul (Mark Ruffalo) e o trazem para o convívio de todos.

A película dirigida por Laurel Canyon foi filmada em Los Angeles, onde a hospedagem mais barara fica com a pousada Stay, situada no centro, perto do Museu de Arte Neon, com preços a partir de R$ 55. Já o mais recomendado – 96% – é o Miyako Hybrid Hotel Torrance, perto do litoral, cuja diária custa R$ 271.

Volta ao mundo (A Origem)

No mundo de A Origem, algumas pessoas têm capacidade de entrar na mente humana. Cobb (interpretado por Leonardo di Caprio) é o que melhor sabe roubar segredos do inconsciente.

Movido pelo desejo de rever os filhos – ele está proibido de voltar para os EUA, por ser acusado de matar Mal (Marion Catillard) –, ele aceita a missão oferecida por Saito (Ken Watanabe) de entrar na mente do herdeiro de um império econômico e implantar uma ideia.

Filmado em diversos ambientes, pelo mundo todo, confira quanto custa a hospedagem em alguns deles:

* Paris: na capital francesa foi gravada a cena em que Cobb encontra Ariadne (Ellen Page) em um bistrô. O hotel mais em conta é o Montpellier, perto do metrô Anvers, por R$ 114, e o mais recomendado, com 94%, é o Terrass Hotel - entre a Basílica de Sacré-Coeur e o Moulin Rouge -, ao custo de R$ 421.

* Tóquio: lá foi filmada a cena de contratação de Cobb. Na capital japonesa, é possível se hospedar por R$ 96 no Hotel Sky Court Koiwa, perto do metrô. Ou no Sunroute Plaza Tokyo, perto da Disney nipônica, recomendado por 100% dos usuários e que custa R$ 334.

* Marrocos: onde foram captadas as cenas de perseguição em ruas e becos e a sequência de invasão do início. No país africano, o hotel mais em conta é o Ryad Mogador Marrakech, por R$ 73. E o recomendado por 96% é o Suite Novotel Marrakech, que custa R$ 196.

Coisa de nerd e de muitas outras tribos (A rede Social)

Essa película dirigida por David Fincher conta a história de como Mark Zuckerberg (interpretado por Jesse Eisenberg) fundou um dos mais famosos sites de relacionamento, o Facebook. Longe de focar nos procedimentos teconológicos, os filme nos mostra os problemas judiciais enfrentados por Mark.

A rede social foi criada em Harvard, universidade que fica em Cambridge, nos Estados Unidos. Porém, a cidade de Boston fica ao lado e tem melhores opções de hospedagem. O Bedford Travelodge sai por R$ 84, enquanto que o mais recomendado, com 98% de indicações, é o The Lenox Hotel, cuja diária custa R$ 227.

veja também