Pacote ou planejamento por conta: o que compensa mais na hora de sair de férias?

Pacote ou planejamento por conta: o que compensa mais na hora de sair de férias?

Atualizado: Sexta-feira, 11 Junho de 2010 as 9:47

Uma dúvida comum na hora de planejar as férias, principalmente em tempos de internet, é: o que compensa mais, planejar tudo por conta própria ou adquirir um pacote de viagens em uma agência especializada? A resposta: depende!

Você quer liberdade para escolher datas, hotéis, companhia aérea etc. ou prefere que alguém faça tudo isso para você? Tem tempo de procurar, pesquisar, barganhar ou quer tudo à mão, sem trabalho?

A resposta a essas questões pode dar uma indicação sobre qual caminho seguir, mas é preciso também avaliar a questão financeira.

Comparando preços

As agências de viagens, além de contarem com pessoal especializado e conhecedor do assunto, ao fecharem pacotes com hotéis e companhias aéreas, têm a possibilidade de conseguir preços mais em conta, por terem parceria com essas empresas.

Por outro lado, quando você decide planejar tudo por conta própria, tem mais opções de acomodação, podendo escolher entre as mais econômicas, como albergues, por exemplo, até luxuosos resorts – tudo de acordo com o seu bolso. Pode escolher os melhores horários de voos, de acordo com sua disponibilidade de tempo, e até optar por horários mais alternativos, que normalmente são mais baratos. Além disso, por conta própria, é possível fugir dos tradicionais 8 dias e 7 noites das agências de viagens e passear pelo tempo que tiver disponível – também de acordo com o seu orçamento.

Prós e contras

Entre as vantagens de fechar um pacote com as agências, está o respaldo da empresa para qualquer eventualidade. Além disso, por lidarem com diferentes hotéis, companhias aéreas, destinos etc., as agências têm know-how para indicar as melhores alternativas, de acordo com o perfil do turista.

O problema, no entanto, é que nem sempre o pacote fechado atende à necessidade do cliente. Um exemplo clássico é o da pessoa que tem o sonho de conhecer a Europa. Nos seus planos, quer passar por Paris, Madri, Barcelona, Milão e Veneza. No entanto, ao buscar os pacotes, não encontra um que contemple todas essas cidades ou, quando encontra, é muito longo ou curto, diferente de sua disponibilidade de tempo.

Poder escolher quais cidades visitar e quanto tempo gastar em cada uma delas é a vantagem de fechar um pacote por conta própria. Desta forma, é possível traçar planos com antecedência, reservando hotéis, passagens, carros etc, ou deixar tudo ao acaso, planejando um dia de cada vez, de acordo com sua vontade.

Os riscos, no entanto, nesses casos, são ter surpresas – muitas vezes desagradáveis - com os hotéis reservados, que podem ir desde uma foto enganosa na internet a uma reserva não confirmada, não ter o respaldo de profissionais, perder-se em um lugar estranho, gastar mais do que o planejado etc.

Para fugir de problemas

Seja para quem viaja por agência, seja para aqueles que fazem tudo por conta própria, a dica para evitar problemas é: solicite indicações de amigos e parentes que já tenham utilizado a agência de viagens, o hotel, a companhia aérea etc. Além disso, consulte o Cadastro de Reclamações Fundamentadas e dicas disponibilizadas no site do Procon.

Nas agências, antes de fechar qualquer negócio, a orientação do Procon é que o consumidor solicite todas as informações, por escrito, principalmente no que se refere à quantidade de dias e noites, tipo e localização do meio de hospedagem, meio de transporte, ingressos de passeios opcionais, parques e shows incluídos, tipo de quarto (duplo, triplo etc.), refeições incluídas etc.

Para quem faz reserva de hotéis, passagens etc. por conta própria a orientação é a mesma. Tenha em mãos todos os documentos que comprovem a sua aquisição para não ter dores de cabeça depois. Para reservas pela internet, além de todas as orientações sobre segurança na rede, verifique a política de cancelamento da empresa – ninguém está livre de imprevistos – e imprima todo o material que o site enviar por e-mail, para que possa comprovar sua compra.

Com cuidados extras, independentemente da forma contratação, você evita que suas sonhadas férias se transformem em um grande pesadelo!

Por: Patricia Alves

veja também