Pacotes turísticos mais acessíveis para consumidores do interior de São Paulo

Pacotes turísticos mais acessíveis para consumidores do interior de São Paulo

Atualizado: Quinta-feira, 14 Outubro de 2010 as 2:41

Proporcionar acesso ao turismo de pessoas das classes C e D e estimular as empresas do setor no interior de São Paulo. Esses são alguns dos objetivos principais do acordo firmado, na manhã desta quinta-feira, em Brasília, pela Caixa Econômica Federal e a Aviesp (Associação de Agências de Viagens Independentes do Interior do Estado de São Paulo).

A parceria prevê o financiamento de pacotes de viagens a clientes pessoa física, diretamente, em qualquer das 400 agências associadas à entidade. Os financiamentos podem chegar a R$ 10 mil por consumidor, com parcelamento em até 24 meses. Não é preciso ser correntista da Caixa para ter acesso ao crédito, que poderá também ser pago via boleto bancário. O convênio é uma extensão do Crediário Caixa Fácil Turismo, lançado em 2009, e trata-se do primeiro a ser protocolado pela Caixa com uma entidade de classe do trade turístico.

O vice-presidente de pessoa física da Caixa, Fábio Lenza destacou a facilidade que a iniciativa traz para o acesso ao crédito. "Com apenas poucos documentos (RG, CPF e comprovante de renda e residência) o crédito é liberado por meio de uma plataforma web na própria agência de viagem. A média de tempo de aprovação do crédito é de seis segundos", garante.

Lenza lembrou a importância da parceria com o Ministério do Turismo, que desde 2003, tem trabalhado em conjunto com o banco público para estimular o setor. "Somos o banco publico que mais tem direcionado crédito para o turismo, com R$ 3 bilhões, em 2009, e R$ 1,9 bilhões apenas no primeiro semestre deste ano", afirmou.

Presente a cerimônia de assinatura do convênio, o presidente da Embratur e secretário executivo do MTur, Mário Moysés exaltou a iniciativa e destacou o momento positivo do turismo e da economia do País. "O momento econômico é positivo e tem proporcionado o acesso ao turismo a pessoas que antes não viajavam. A viagem passa a ser objeto de desejo e essa parceria ajudará ainda mais nesse processo", enfatizou Moysés.

De acordo com o presidente da Aviesp, Willian Perico a parceria possibilita uma ligação direta entre os consumidores finais e as linhas de crédito e foi firmada em uma posição estratégica, já que São Paulo é o principal estado emissor de turistas do País. "Essa ponte é muito importante para o setor, já que essas classes C e D têm pouco acesso ao crédito. Precisamos conhecer mais esse público para formatar produtos específicos, com preços dentro da realidade", completou.

veja também