Paraná debate alternativas para estimular o turismo náutico

Paraná debate alternativas para estimular o turismo náutico

Atualizado: Quinta-feira, 7 Julho de 2011 as 11:30

Um diagnóstico do potencial do turismo náutico no Paraná está sendo traçado em um encontro que começou na terça-feira (5), em Paranaguá, município do litoral do Estado.

Estão sendo discutidos projetos do governo estadual que serão implantados em parceria com o Ministério do Turismo e organizações públicas e privadas.

Dentre estes projetos, está a criação de um comitê de desenvolvimento do turismo náutico no Paraná. Segundo o secretário estadual de Turismo, Faisal Saleh, o litoral e os rios Iguaçu e Paraná, incluindo as hidrelétricas, são as regiões com vocação para este tipo de turismo.

Também está sendo discutida no encontro, que terminou hoje, a expansão dos portos paranaenses, que prevê a criação de um terminal de passageiros.

A ideia, segundo o superintendente dos portos de Paranaguá e Antonina, Airton Maron, é receber navios de cruzeiro já na próxima temporada de verão.

"Será montada uma estrutura alternativa de recepção [dos turistas de cruzeiros] até que as obras do novo terminal [de passageiros] estejam concluídas".

Os recursos para a construção do novo terminal estão sendo pleiteados no Governo Federal.

De acordo com o secretário de Turismo, as perspectivas são ótimas porque o segmento de cruzeiros marítimos cresce vigorosamente no Brasil, único país da América do Sul a integrar os 40 destinos mais procurados no rol da Organização Mundial do Turismo.

No verão passado, 880 mil turistas viajaram pela costa brasileira. A projeção do setor é de crescimento de 30% ao ano.

O secretário nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo, Colbert Martins da Silva, disse que o Ministério do Turismo está elaborando um projeto para incrementar a visitação às ilhas brasileiras. Um dos destinos citados por ele é a Ilha do Mel, no litoral paranaense.  

veja também