Participação da Delta Air Lines na Gol beneficiará clientes

Participação da Delta Air Lines na Gol beneficiará clientes

Atualizado: Quarta-feira, 7 Dezembro de 2011 as 2:22

"O perfil de baixo custo da Gol continuará após essa aliança com Delta", foi com essa frase que o presidente da Gol, Constantino Júnior, deu início a coletiva de imprensa, realizada nesta quarta-feira (7) para anunciar a associação das duas empresas - foi assinado um acordo para a venda de participação minoritária à Delta Air Lines por US$ 100 milhões.

Segundo o executivo, além de continuar contando com preços baixos em passagens aéreas, o consumidor terá acesso a melhores serviços com a parceria.

"Os programas de milhagens serão fundidos, os clientes passarão a contar com voos para 400 destinos em 70 países, o compartimento de voos para incluir passageiros Gol nos voos da Delta será facilitado, ou seja, muitos benefícios", garantiu o CEO da Delta, Richard Anderson.

Preços e demanda

De acordo com Constantino Júnior, embora a filosofia da empresa continue, o baixo custo as passagens deverão sofrer uma adequação de preços, normal no setor aéreo.

"Em algum momento os preços passam por ajustes, mas isso nada tem a ver com o acordo com a Delta. Mas o consumidor continuará tendo bons preços, principalmente aqueles que comprarem com antecedência maior do que três meses para o embarque".

Sobre a demanda de passageiros, que caiu no setor aéreo como um todo, Júnior disse que esse é um movimento normal, considerando o atual momento da economia brasileira. "Após anos crescendo, com cconsumidores subindo na pirâmide social, enfrentamos agora um momento não tão brilhante da economia. Mas isso não preocupa e deve ser passageiro".

Início imediato Ainda segundo os executivos, as facilidades que serão repassadas aos clientes, como integração de voos, começam imediatamente.

Questões mais complexas, como união de programas de milhagem, deverão estar concluídas até o terceiro bimestre de 2012.

veja também