Passeio por grande lago subterrâneo tem ar de mistério

Passeio por grande lago subterrâneo tem ar de mistério

Atualizado: Quinta-feira, 15 Setembro de 2011 as 8:49

As luzes refletidas nas águas dão ao passeio de bote em Seegrotte (www.seegrotte.com ) --o maior lago subterrâneo da Europa-- um ar de magia, mistério.

A 17 km do centro de Viena, Seegrotte fica dentro de uma antiga mina de gesso em Hinterbrül, cidade da região dos bosques vienenses.

Com temperatura constante de 9°C em todas as épocas do ano, o interior úmido da mina é intrigante e sombrio.

Em 1912, explica o guia, um erro de cálculo na exploração fez com que milhares de litros de água invadissem os níveis inferiores da mina, obrigando o abandono do local. E assim originou-se Seegrotte, que foi encontrado pelos austríacos apenas em 1930.

No longo corredor estreito que dá acesso às águas cristalinas, o visitante se surpreende com a antiga estrutura. Com pouca iluminação e diversas cavidades, a mina parece um grande labirinto.

Correntes e avisos fechando e impedindo acessos limitam a visitação por um único caminho, o que garante bom humor à leitura ressabiada das placas deixadas lá pelos antigos ocupantes, uma delas com as palavras "Glück auf!" (boa sorte!).

Sorte que faltou a cerca de 2.000 trabalhadores que foram forçados a produzir na mina durante a Segunda Guerra Mundial.

Em 1944, o exército alemão confiscou a mina e levou ao seu interior pessoas que estavam em campos de concentração.

O local foi usado como fábrica clandestina de peças para o caça nazista Heinkel He-162. Em 1945, sete bombas foram lançadas sobre a mina, matando todos os trabalhadores. Hoje, peças da aeronave estão expostas em uma das galerias, além de uma minirreprodução.

Está ali a galeria usada como cenário do filme da Disney "Os Três Mosqueteiros" (1993), de Stephen Herek.

Em seguida, estão as escadarias de acesso ao lago. Marujos conduzem os turistas aos barcos para o passeio de dez minutos.

As explicações dadas pelo barqueiro ecoam na gruta estrategicamente iluminada para refletir a água límpida do lago e as paredes da mina. Para manter o nível do lago, que continua sendo inundado, 50 mil litros de água são retirados diariamente.

veja também