Pedro Novais assume oficialmente o Ministério do Turismo

Pedro Novais assume oficialmente o Ministério do Turismo

Atualizado: Terça-feira, 4 Janeiro de 2011 as 2:17

O Ministério do Turismo tem oficialmente um novo ministro. Pedro Morais tomou posse à frente da pasta na tarde desta segunda-feira, em Brasília, em cerimônia que reuniu autoridades representativas como a governadora do Maranhão, Roseana Sarney, o vice-presidente da República, Michel Temer e o presidente do Senado Federal, José Sarney.

Em um discurso emocionado, o novo ministro agradeceu a confiança depositada em seu nome pela presidente Dilma Rousseff e garantiu estar preparado para conduzir a pasta com foco no desenvolvimento da atividade turística no Brasil. “O planejamento estratégico será o nosso instrumento de trabalho. Vamos trabalhar firmemente sem interromper os projetos em andamento”, disse.

O ministro afirmou que será feito um esforço concentrado os próximos 120 dias com objetivos específicos de agilizar a maquina administrativa, identificar e eliminar áreas críticas, integrar a equipe com o CNT (Conselho Nacional de Turismo e o trade, dinamizar a Embratur e trabalhar para a formatação do PNT 2011-2014 (Plano Nacional do Turismo).

O ministro rebateu as críticas em relação à sua idade – 80 anos – com bom humor ao dizer que só esteve internado duas vezes em sua vida, para operar uma hérnia e tirar as amídalas. Novais também respondeu de forma dura à acusação de uso indevido de verba pública.

"Recebi com alegria a convocação da presidenta para assumir o cargo, que representou a maior honraria de minha vida. Entretanto, com uma grande indignação. Fui alvo de uma campanha de calúnias, mas que não me atingiram. Tive o apoio dos meus filhos e de minha mulher, além do meu partido e do Governo. Tenho certeza que não cometi nenhum ato que possa me envergonhar", afirmou.

Pedro Novais assume o ministério e garante que irá trabalhar em constante diálogo com o setor produtivo, irá priorizar o turismo interno e trabalhar para que o País receba um volume maior de turistas, ultrapassando a marca de 5 milhões de visitantes estrangeiros. “Vou trabalhar com seriedade e consciência pública”, completou.

A cerimônia contou também com a presença do presidente da Embratur, Mário Moysés, da presidente do Fornatur (Fórum Nacional de Secretários Estaduais e Dirigentes de Turismo) Nilde Brun e de toda a cúpula do MTur, além de deputados e outros ministros do Governo Dilma Rousseff.

O agora ex-ministro Luiz Barretto transmitiu o cargo a seu sucessor, agradeceu a toda a equipe técnica do ministério e sua diretoria e comemorou os resultados de sua gestão à frente da pasta. “Deixo o MTur com a satisfação do dever cumprido nesses quase três anos de trabalho, nos quais tive o privilégio de viajar pelo País e ver o poder transformador do turismo. Desejo sorte ao novo ministro e tenho certeza que fará um ótimo trabalho”, disse.

veja também