Península de Maraú (BA): belezas naturais e turismo histórico

Península de Maraú (BA): belezas naturais e turismo histórico

Atualizado: Quinta-feira, 28 Maio de 2009 as 12

A Península de Maraú é dona de incontáveis belezas naturais. Localizada na Baía de Camamú, na Costa do Dendê, conseguiu preservar trechos de Mata Atlântica que, aliados a suas piscinas naturais em mar aberto, seus arrecifes e suas lagoas de água doce, fazem deste um dos lugares mais bonitos do Brasil.

A cidade de Maraú, antiga aldeia indígena, viveu seus dias de glória durante o ciclo da cana-de-açúcar, no período colonial. Abriga belas construções históricas, que possibilitam aos turistas, conhecer um pouco mais da cultura da época.

Principais atrações

Baía de Camamu: é a terceira maior do país. Abriga diversas ilhas, praias desertas, rios, manguezais, cachoeiras, piscinas naturais, e vestígios do Brasil colonial. As ilhas mais visitadas são: Pedra Furada, Ilha Grande, Campinho, Sapinho e a Ilha do Goió.

Barra Grande: é a porta de entrada e a principal vila da região, com diversas pousadas, bares e resturantes. Voltada para a Baía de Camamu, a praia de Barra Grande possui areias claras, águas mornas e calmas.

Cassange: a praia do Cassange é bastante extensa, com ondas fracas, muitos coqueiros e areia mais fofa que as outras. Próxima à praia, encontra-se a Lagoa de Cassange, com água doce e separada do oceano por uma faixa de areia de 300 m de largura.

Ecoparque de Una: oferece trilhas na Mata Atlântica, banho de rio e uma interessante visita a um seringal com demonstração da extração de látex. Há ainda um passeio por uma passarela de 100 m na altura da copa das árvores. Está localizado na Estrada Parque que liga Itacaré a Ilhéus.

Ilha da Pedra Furada: para chegar até a ilha, a lancha passa por vilarejos de pescadores como o Campinho, Taipus de Dentro ou Sapinho e praias paradisíacas. Na ilha, você vai encontrar a Pedra Furada, além de aquários naturais formados pelos bancos de areias na época da maré baixa.

Jeep Tour e caminhadas: passeios que percorrem toda a região da Península, passando por diversas praias e vilarejos, como Barra Grande, Tanque e Toc Toc, um antigo engenho de azeite de dendê.

Morro Bela Vista: também conhecido como Morro do Celular, proporciona belíssima vista panorâmica da Lagoa do Cassange e de parte da Península de Maraú. Possui um pequeno chalé que oferece água de c^ôco.

Praia dos Algodões: deserta e bastante extensa. Apresenta ondas fracas, vastos coqueirais, recifes de corais, e areias finas e claras.

Taipus de Fora: enseada repleta de coqueiros nativos, areia grossa e amarelada. Na maré baixa, forma belíssimas piscinas naturais, com peixes colorido. São ideais para a prática de mergulho livre. Leve o seu equipamento (máscara e snorkel).

Tremembé: pequena vila de pescadores. O acesso é feito somente de barco, subindo o Rio Maraú. A grande atração do lugar é a Cachoeira do Tremembé, que cai diretamente nas águas da baía de Camamú.

Vale lembrar

Alimentação: confira os cardápios do Restaurante da Espanhola, na Praia dos Algodões e do Restaurante da Pousada Lagoa do Cassange. São variadas opções da cozinha baiana, muito bem preparadas.

Curiosidade: as águas da Lagoa do Cassange são ótimas para os cabelos por conter muita lanolina.

Dinheiro: a maioria dos estabelecimentos na região não aceitam cartões de crédito. O Hotel Kiaroa e a Pousada do Cassange aceitam cartão Visa. Outra informação importante: leve sempre dinheiro trocado! É bem complicado trocar notas com valor alto na região.

Escunas: a cidade de Cajaíba tem uma grande produção de escunas que atende a todo o Brasil e até a Argentina.

Feira da cidade de Camamú: aos sábados, acontece a tradicional feira da de Camamú. Bastante frequentada, ela tem como principais produtos o azeite-de-dendê, o peixe seco e a farinha de mandioca.

Mergulhos: leve seus equipamentos para realizar mergulho livre (máscara e snorkel). É imperdível mergulhar nas piscinas naturais de Taipus de Fora. Programe-se: confira a lua e tábua de marés.

veja também