Pequeno Príncipe vira exposição em SP

Pequeno Príncipe vira exposição em SP

Atualizado: Terça-feira, 20 Outubro de 2009 as 12

Você não pode deixar de visitar a exposição sobre O Pequeno Príncipe na Oca, no Parque do Ibirapuera. A exposição começa no dia 22 de outubro e termina em 20 de dezembro e reúne filmes, fotografias, livros, manuscritos e desenhos inéditos. Tudo isso em um cenário assinado por Daniela Thomas e Felipe Tassara, que fará adultos e crianças sonharem.

Livro preferido de milhões de crianças no mundo inteiro - e de algumas milhares de misses - O Pequeno Príncipe foi criado por Antoine de Saint-Exupéry, escritor, poeta e aviador, e conta a história de um menino que é príncipe em seu mundo, mas um príncipe solitário. Ele veio do asteroide B612 para encontrar amigos. Mas, na Terra, ele também irá deparar com a solidão.

Espécie de "autobiografia discreta" de Saint-Ex (seu apelido na França), O Pequeno Príncipe é mais do que uma simples história para crianças, mas uma construção simbólica do que é a vida real. Escrito com uma linguagem acessível para todos, o enredo do menino do cabelo cor de trigo esconde ainda uma grande profundidade filosófica. Uma das passagens mais lembradas do livro é o dialogo do príncipe com uma raposa, que acaba se tornando sua amiga depois de vencer sua insegurança de se relacionar com homens, uma vez que sempre sofria com os caçadores.

A vida do autor é, diga-se, digna de um romance. Sua vida escolar não foi das mais brilhantes; mesmo assim, demonstrava grande interesse por mecânica. Começa sua vida de piloto no serviço militar. Seus primeiros romances são escritos a partir de suas experiências de viagem a trabalho, primeiramente fazendo a entrega postal do correio de Toulouse, na França, para a africana Dakar, no Senegal. Em seguida ele partiria para a América do Sul. A partir de 1932, a companhia em que Saint-Ex trabalha começa a passar por problemas e ele parte para a literatura e o jornalismo. Nesse período, realiza viagens para lugares como Vietnã, Moscou e Espanha, para fazer grandes reportagens.

Em 1939, o escritor com alma de criança deixa a França e parte para Nova York, onde se torna uma das vozes da Resistência durante a Segunda Guerra. Esperando encontrar mais ação, Antoine parte para a Sardenha e, em seguida para a Córsega.

No dia 31 de julho de 1944, é designado para uma missão, da qual não retornará jamais. Seu avião foi abatido e mergulhou para sempre no oceano. De tempos em tempos aparece algum destroço, atribuído como sendo do avião do piloto. Com tanto mistério em torno de sua morte, sua literatura é um grande presente para a Humanidade.

Participe dessa aventura e conheça o delicado e profundo mundo de um de seus príncipes mais nobres.

Serviço:

Exposição Pequeno Príncipe na Oca

Parque do Ibirapuera

End.: Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n° - São Paulo (SP)

Dias: de 22 de outubro a 20 de dezembro / de terça a domingo, das 9h às 21h

Mais informações: Tel.: (11) 4003-2245

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também