Pesquisa avalia impactos da gripe A no turismo

Pesquisa avalia impactos da gripe A no turismo

Atualizado: Sexta-feira, 14 Agosto de 2009 as 12

Pesquisa com 30 agências de viagens do eixo Rio/Sao Paulo, entre os dias 1 a 25 de julho, coordenada pelos professores Bayard Boiteux e Mauricio Werner da UniverCidade, revela os impactos da gripe suína no turismo:

Houve uma redução de 35% de venda nos pacotes internacionais Houve um aumento de 25% nas vendas de pacotes nacionais Houve uma redução de 15% nas vendas de pacotes para o sul do país Destinos Turisticos internacionais mais afetados: Argentina e Chile Destinos Turísticos nacionais beneficiados: Nordeste e Norte do país. No Nordeste destinos mais procurados Rio Grande do Norte,Porto de Galinhas e Alagoas. No Norte, é o Amazionas. Nas viagens internacionais, a procura pela Europa cresceu 20%, sobretudo Portugal e França.

A pesquisa foi auditada pelo Instituto de Pesquisas e Estudos do Turismo da UniverCidade e apresenta uma margem de erro de 4%.

A inciativa da pesquisa é dos cursos de Turismo e Hotelaria da UniverCidade,com apoio da Fundação Cesgranrio e da Planet Work.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também