Pilsen, muito mais do que cerveja

Pilsen, muito mais do que cerveja

Atualizado: Terça-feira, 28 Junho de 2011 as 10:35

Conhecida por seus moradores como Plzen, a cidade de Pilsen, na República Checa, pode ser facilmente alcançada por meio de uma viagem de trem de uma hora e quarenta minutos a partir de Praga. Por muitos anos, viajantes chegavam principalmente para conhecer a cervejaria Pilsner Urquell, fabricante da primeira cerveja pilsner e item de exportação mais famoso da cidade desde seu lançamento, em 1842. Mas, a cidade passou por uma revitalização nos últimos anos, com diversas novas atrações relacionadas à cerveja - ou não.

O resultado é um destino turístico que vale a pena ser conhecido ? e também uma vitória para a cidade, que será uma das duas capitais europeias da cultura em 2015. E o mais surpreendente é que uma cidade famosa por sua cerveja ofereça novas atrações adequadas também às crianças.

Na vasta área da Skoda Works ? complexo industrial de 150 anos que produz vagões de trem, locomotivas e carismáticos bondinhos, para cidades como Portland, no Oregon ? um novo centro tecnológico chamando Techmania apresenta aos pequenos as ciências aplicadas. Em apresentações interativas sobre eletricidade e magnética eles podem ver e tocar geradores Van de Graaff, equipamentos de inspeção de bagagem, turbinas e motores de trem (as explicações são em checo, inglês e alemão).

Como em muitas cidades checas, o centro histórico de Pilsen é organizado em torno de uma praça principal, a Namesti Republiky, dominada pela catedral de São Bartolomeu, uma construção gótica erguida entre o final do século 13 e o início do século 16. A confluência de dois pequenos rios nas proximidades, o Mze e o Radbuza, oferecem um contraste natural às construções velhas e estáticas ? algumas delas fora restauradas recentemente.

Do lado oposto da catedral, o novo Muzeum Loutek, o museu das bonecas, é uma celebração a esta antiga arte checa. O sobradinho do fim do período gótico abriga apresentações de bonecas automatizadas e teatros de marionetes. Algumas quadras ao Sul da praça principal, a Moving Station, inaugurada em 2000, é um espaço que junta arte e transporte urbano. De um lado trabalhadores seguem para os subúrbios no fim do dia de trabalho. Do outro, uma parte ociosa da estação foi transformada em um centro alternativo de cultura, com teto altíssimo, balaustradas em arabescos e um complexo trabalho em gesso escondido por trás da fachada turva do prédio, com sua pintura descascada e janelas tampadas por tábuas. O ingresso é de apenas 30 coroas checas (em torno de US$ 1,70).   Quando for Trens diretos para Pilsen partem de hora em hora da estação principal de Praga, a Hlavni Nadrazi. Entretanto, as linhas de ônibus da Student Agency oferecem a facilidade de reservas online e Wi-Fi gratuito durante a viagem, partindo da estação de metrô Zlicin de Praga diretamente para a Estação Central de Ônibus de Pilsen. A passagem sai por 100 coroas checas (US$ 6).   Onde se hospedar Inaugurado há três anos, o Hotel Angelo (U Prazdroje 6; 420-378-016-111) conta com 144 quartos e suítes elegantes, a poucos minutos do centro histórico. Seguindo mais uma tradição das antigas tavernas europeias, as cervejarias Pivovar Groll e Pivovar Purkmistr dispõem de hospedagem, boa comida e cerveja dentro de suas instalações.   O que fazer O Techmania Science Center (próximo ao Skoda Works? V. brana, ou Gate 5; 420-379-855-301) apresenta exposições interativas para quem gosta de tecnologia. Ingressos para adultos saem por 140 coroas checas (US$ 8,44); o ingresso para a família sai por 300 coroas checas (US$ 18).

Puppet Museum (Namesti Republiky 23; 420-378-370-801)

Patton Memorial (Pobrezni 10; 420-377-320-414)  

veja também