Prado (BA)

Prado (BA)

Atualizado: Quarta-feira, 19 Agosto de 2009 as 12

Portão de entrada da Costa das Baleias, o município de Prado é o que dispõe de maior infra-estrutura turística na região. Imponentes falésias de tons variados e rara beleza, intercalam-se com planícies, praias mansas de águas mornas e convidativas, piscinas naturais e coqueirais em seus 84 quilômetros de litoral.  O balneário de Cumuruxatiba, a queda d’água do Tororão e a aldeia de pescadores de Corumbau,  estão entre as mais disputadas atrações do município de Prado, no extremo sul da Bahia. Os passeios de escuna, propiciam momentos inesquecíveis para quem quer curtir a natureza.

Mais de  500 anos se passaram, e o cenário dessa região do Rio Cahy ainda é o mesmo do Brasil dos primeiros anos. As mesmas nuvens e os mesmos céus. Os mesmos ventos e o mesmo mar. Extensos colares de praias brancas, onde deságuam os mesmos rios. Barras verdes de matas e de mangues. Barreiras calcárias de tons rosa. 

Ruas coloniais, estreitas e calçadas com paralelepípedos, casario antigo e charmoso que data do  século XVII, abrigam desde residências e lojinhas, até restaurantes de primeira linha.

Com a carta de Pero Vaz de Caminha em mãos e a vista da paisagem, ainda é possível, sem dificuldade, seguir a descrição da costa e deixar a imaginação trazer de volta a indescritível emoção que esse antigo texto consegue suscitar.

Situada exatamente na fronteira entre a Costa do Descobrimento e a Costa das Baleias, Prado tem registrado em sua história o primeiro contato entre os índios e a esquadra de Pedro Álvares Cabral, na foz do rio Cahy, antes de chegar a Porto Seguro.

A cidade é toda plana, com casario antigo e ruas calçadas com paralelepípedos o que proporciona passeios ciclísticos para todas as faixas etárias, num clima gostoso e tranqüilo. É uma gostosa opção passear pelas pracinhas da cidade, comer pipoca ou simplesmente desfrutar as delícias de um sorvete de frutas tropicais da região.

Nas esquinas da cidade, o turista descobre o que realmente a baiana tem: com suas saias rendadas e turbantes coloridos, elas servem desde deliciosas cocadas, até apimentados acarajés...

Prado está situado numa região de ecossistemas protegidos. Temos aqui o Parque Nacional do Descobrimento, com um dos maiores remanescentes de mata atlântica,  o Parque Nacional Marinho de Abrolhos,  para onde as baleias Jubarte vêm todos os anos para procriar e amamentar seus filhotes e a Reserva Extrativista Marinha da Ponta do Corumbau, que garante a sustentabilidade da pesca de mais de 400 famílias de pescadores artesanais.

Ainda na região, temos também os Parques Nacionais do Monte Pascoal, o Parque Nacional do Pau Brasil, a APA Caraíva-Trancoso e a APA Ponta das Baleias Abrolhos.

Conheça o trabalho que a APPA - Associação Pradense de Proteção Ambiental tem desenvolvido na área de preservação e educação ambiental.

veja também