Projeto ''Viaja Mais Melhor Idade'' lança temporada 2009

Projeto ''Viaja Mais Melhor Idade'' lança temporada 2009

Atualizado: Quarta-feira, 29 Abril de 2009 as 12

O ministro do Turismo, Luiz Barretto, lançou a terceira temporada do Viaja Mais Melhor Idade e anunciou uma nova campanha promocional para o programa nessa segunda-feira, 27 de abril, em Caldas Novas (GO). ''Vamos projetar o 'Viaja Mais' porque entendemos que a democratização do acesso ao turismo na melhor idade está apenas começando. Em menos de dois anos, 180 mil pacotes foram vendidos, o que foi ótimo para os viajantes e muito importante para a economia do Brasil'', avaliou Barretto.

A campanha pública consiste em anúncios em jornais e revistas a partir de maio, além de banners interativos na internet. O conceito das peças segue a idéia ''Viagem é pra toda vida - Viaje por todo o Brasil'', elaborado para estimular a criação de uma cultura de viagem no imaginário do brasileiro.

Durante o evento foram distribuídos os primeiros exemplares da edição atualizada do Guia Viaja Mais Melhor Idade, uma lista completa dos pacotes turísticos disponíveis e meios de hospedagem cadastrados, por faixa de preço. Importante instrumento de apoio à comercialização, o livreto tem o objetivo de captar turistas e ainda proporciona visibilidade aos empreendimentos que aderiram ao projeto.

''Essas informações detalhadas sobre as ofertas do programa facilitam a vida do usuário que tem interesse em usufruir dos pacotes e descontos'', explicou Jurema Monteiro, coordenadora geral de apoio à comercialização do Ministério do Turismo. O guia, que será distribuído nos clubes da terceira idade em todo o país, também está disponível para download no site www.viajamais.com.br .

Os destinos turísticos também são grandes beneficiários do programa. Caldas Novas, onde aconteceu o evento, é um bom exemplo disso. A cidade que oferece a maior estância hidrotermal do mundo é a mais procurada pelo público-alvo do programa. De acordo com o prefeito Ney Viturino, “o projeto incentivou o turismo a se qualificar e estimulou a economia local a se desenvolver”. Já para o ministro Luiz Barretto, a estruturação do turismo de Goiás tem sido uma surpresa positiva. “O estado tem demonstrado muita atividade, organização e planejamento”.

A criação

O Viaja Mais Melhor Idade, lançado em 2007, é uma iniciativa pioneira do Ministério do Turismo para estimular as viagens domésticas e promover a dinamização da cadeia produtiva em períodos de baixa ocupação, criando oportunidades para que mais brasileiros conheçam a diversidade cultural e natural do país e para que os meios de hospedagem conquistem um novo segmento de mercado. ''Dois anos depois, o programa cresceu, aprimorou-se e hoje o público tem um cardápio de opções: pacotes, hospedagem, passagens aéreas ou rodoviárias, guias com informações sobre a rede credenciada, 37 destinos para visitar'', disse o ministro.

O programa começou com a organização e comercialização de pacotes customizados para a terceira idade, além da concessão de uma linha de crédito consignado para estimular as viagens desse público. No primeiro ano foram vendidos nove mil pacotes, 30% além da meta. Naquela época, o programa funcionava com saídas apenas de Brasília e São Paulo para 12 destinos.

Em 2008, o alvo de comercialização era atingir 50 mil pacotes vendidos. Mas a procura excedeu o triplo desse número e as vendas chegaram a 180 mil pacotes. 

Em abril de 2008, o Ministério criou também o Viaja Mais Melhor Idade Hospedagem, que tem como proposta oferecer desconto de 50% nas diárias dos meios de hospedagem que aderem ao programa. Em 2009, no início da terceira temporada, foram registrados 1.918 meios de hospedagem cadastrados em 426 cidades brasileiras e o número de intenções de reserva pelo Portal de Hospedagem já ultrapassa os 10 mil.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 10,5% da população total do Brasil, 20 milhões de pessoas, tem idade acima de 60 anos.

Rede Credenciada

O cadastramento dos meios de hospedagem é gratuito, podendo o estabelecimento estar instalado em qualquer localidade dentro do território nacional. O interessado dever acessar o Portal de Hospedagem (www.portaldehospedagem.com.br ), informar dados do estabelecimento (nome, endereço, telefone) e a tarifa sobre a qual incidirá o desconto de 50%. O empreendimento deve estar com seu registro atualizado no Cadastur - cadastro do setor de turismo brasileiro.

Postado por: João Neto

veja também