Punta del Este é o destino mais internacional

Punta del Este é o destino mais internacional

Atualizado: Quinta-feira, 13 Outubro de 2011 as 8:49

O centro de Punta se concentra numa península que em alguns lugares tem apenas dois quarteirões de largura. Nesses pontos, quem anda por Gorlero, a via central de Punta del Este, que agrupa a maior parte dos estabelecimentos comerciais da cidade, consegue avistar o mar dos dois lados da avenida.

No porto, barracas vendem peixes e frutos do mar pescados no mesmo dia. Os vendedores limpam os peixes e descartam suas vísceras e cabeças ali mesmo, jogando os restos na água, onde são disputados por gaivotas e lobos-do-mar. Brincalhões, os animais são atraídos pelos restos de peixe e permanecem próximos às barracas, fazendo a alegria dos turistas.

Comer é um dos principais programas em Punta del Este, que, internacionalizada, possui vários restaurantes de alta gastronomia. Peixes, mariscos e camarões estrelam os cardápios, mas os restaurantes também alguns cortes de carne de qualidade. Boas opções são o Scarlett e o Lo de Tere.

A brótola é o peixe típico da região, geralmente servida "al hierro" (grelhada), acompanhada de molhos à base de manteiga. O doce de leite uruguaio está em várias sobremesas, recheando crepes, acompanhando tortas ou na forma de sorvete.

No inverno, o melhor é passear apenas pela península. As praias da Barra e de San Ignácio, badaladas no verão, ficam praticamente desertas, exibindo lojas e restaurantes cujas portas ficam fechadas.

Faça frio ou calor, um local que permanece aberto 24 horas por dia durante o ano todo é o cassino Conrad. Além de jogos como roletas e caça-níqueis, o complexo tem um hotel, restaurante, salas de cinema e uma casa de shows.

veja também