Ranking de mergulho esnoba Fernando de Noronha

Ranking de mergulho esnoba Fernando de Noronha

Atualizado: Segunda-feira, 18 Janeiro de 2010 as 12

No title Dá para ser mais bonito do que Fernando de Noronha? A revista americana Forbes indicou os 13 mais exuberantes mares, corais e praias a serem explorados pelos mergulhadores no mundo em 2009. Lugares como Fiji, Mar Vermelho e Bahamas são apenas algum dos pontos paradisíacos que deveriam estar na lista de próximos destinos segundo o veículo. Pasmem, o arquipélago de Fernando de Noronha está de fora das eleitas. Confira a lista.

Dá para ser mais bonito do que Fernando de Noronha? A revista americana Forbes indicou os 13 mais exuberantes mares, corais e praias a serem explorados pelos mergulhadores no mundo em 2009. Lugares como Fiji, Mar Vermelho e Bahamas são apenas algum dos pontos paradisíacos que deveriam estar na lista de próximos destinos segundo o veículo. Pasmem, o arquipélago de Fernando de Noronha está de fora das eleitas. Confira a lista.

Ilhas San Blas, Panamá

Apesar de ser uma região controlada por povos nativos que destruíram parte dos corais, existem recifes completamente intocáveis nas Ilhas San Blas. Na parte leste da região, tours levam turistas para locais completamente inexploradas com águas cristalinas. Já na oeste, naufrágios compõem a paisagem de Cayos Los Grullos.

Ilhas Phi Phi, Tailândia

Em outros tempos frequentado só por alpinistas, o arquipélago de Phi Phi acabou sendo descoberto por mergulhadores. O principal ponto é Hing Klang, um recife localizando entre as ilhas de Bamboo e Phi Don. Um dos destaques é a quantidade de peixes tropicais que podem ser vistos.

Safaga, Egito

Esses rasos corais na parte egípcia do Mar Vermelho atraem tanto experientes quanto amadores. Os golfinhos, polvos, peixes palhaços e peixes leões, um dos mais venenosos do mundo, são apenas alguns dos ilustres habitantes da área. Na Soma Bay há um píer que permite excelente opção de mergulho só com máscara. Tours também levam turistas para uma pequena ilha de areia no meio do mar.

Culebra, Porto Rico

Se dinheiro for problema, Culebra é a melhor escolha. Em uma viagem que custará cinco dólares, chega-se à praia de Flamenco vindo da ilha principal de Porto Rico. A praia é famosa por campings e festas, mas se caminhar por 20 minutos até Carlos Rosario, encontrará um dos melhores pontos de mergulho do Caribe.

Salt Cay, Turks & Caicos, Caribe britânico

Assim como Safaga, a principal atração de Salt Cay é a fauna marítima. Tubarões e raias podem ser vistos em tours pelos corais da região. Se for visitar no inverno, é bem provável que você escutará o canto das baleias jubartes e até as veja. Também há um naufrágio a ser visitado e diversos corais próximos à costa.

Rurutu, Polinésia Francesa

O melhor lugar para ver baleias é Rurutu. Entre julho e outubro, jubartes imigram da Antártica para as águas próximas à Polinésia. Se tiver sorte pode ficar muito próximo do mamífero.

St. John, Ilhas Virgens Americanas

Por ser quase todo um parque nacional, St. John está praticamente intacto. Iniciantes podem começar pelo Trunk Bay, onde há uma "trilha" submarina que vai guiando pelos principais atrativos. Para os mais experientes, alguns pontos podem se alcançados a partir de praias como Leinster Bay e Haulover Bay.

Parque Makaha Beach, Oahu, Havaí

Um dos lugares mais acessíveis da lista, as águas do Parque Makaha Beach oferecem uma visibilidade de mais de 30 metros. É possível ver esponjas, peixes, raias, enormes tartarugas e golfinhos, mas no inverno, a prática do mergulho pode ser proibida por conta das ondas e dos surfistas que tomam conta da praia.

Parque Nacional Aquático Bunaken, Indonésia

Essa reserva ambiental é composta em 97% por água, e o Parque Nacional Aquático Bunaken é conhecido pela diversidade de seus corais, invertebrados e as mais de 2,5 mil espécies de peixes que habitam a região.

Grande Barreira de Coral, Austrália

O maior coral do mundo pode ser visitado em passeios diários saindo de Port Douglas, cidade turística mais próxima do recife. O principal ponto são as partes da borda externa chamadas de Agincourt Reefs. Outras opções são as ilhotas de Heron e Lady Elliot com suas raias, tartarugas, nudibrânquios e moluscos.

Florida Spring Holes, Flórida

O único da lista com água doce. Além de peixes específicos da região, crocodilos dão tom ao lugar. Um bom ponto é Silver Glen Springs, na Floresta Nacional de Ocala, com sua vasta fauna marítima. O Blue Spring State Park também vale, mas talvez seja interrompido caso peixes-bois estejam de passagem pelo local.

Fiji

Esse complexo de 330 ilhas é um paraíso. Corais emergem do fundo do oceano até as superfícies rasas, onde vivem estrelas do mar, ouriços, tubarões, raias. Recifes são visitados em tour ou acessados pela própria costa.

Ilhas Bimini, Bahamas

Aqui a graça é o mistério. Uma curiosa formação de duas linhas paralelas retangulares, segundo a lenda, levaria para Atlantis, cidade perdida do Oceano Atlântico. Outro destaque é um barco naufragado durante um furação em 1926. Golfinhos também habitam a região.

Agência Andrés Bruzzone Comunicação

veja também