Rota das Emoções, mais BRASILIDADE nos roteiros da CVC

Rota das Emoções, mais BRASILIDADE nos roteiros da CVC

Atualizado: Quinta-feira, 24 Março de 2011 as 12:53

Todo   o movimento feito pela CVC no primeiro dia do seu 17 o . Workshop para implantar o produto carro-chefe dos Circuitos Brasileiros – série ‘Descobertas ’ – teve uma característica muito especial. Reafirmar o seu conteúdo de operadora prioritária no tema Brasil, onde está 60% do seu movimento anual, e fortalecer o turismo interno junto a esta massa de novos consumidores.     Isto, sem esquecer o avanço internacional em todas as direções, como comprovou na coletiva de anúncio para os novos destinos a partir de março, com mais de 60 novos roteiros, entre eles Japão, Croácia, Vietnam, Cambodja, Tailândia, Nova Zelândia,   Emirados Árabes com destaque para Doha, Peru com Machu Picchu (centenário do reduto arqueológico), etc.

“A promessa de abraçar o mundo feita quando do 15 o . workshop continua presente a cada dia do trabalho”, repete Valter Patriani, lembrando da capa que ilustrou a edição do Brasilturis Jornal   (março, 2008, edição 622), evidenciando, porém, que o salto para o exterior com tanta intensidade tem muito a ver  com este mergulho nas coisas e nos destinos de viagens pelo Brasil com o contingente de novos viajantes.

Ao seu estilo, vendendo como ninguém, Patriani comandou a apresentação da ‘Rota das Emoções’, a integração de três estados – Ceará, Maranhão e Piauí – na solenidade realizada na Sala Vip e que fechou a programação do primeiro dia do workshop.     Dissertou com conhecimento de causa das belezas naturais e encantos de cada uma das regiões a serem percorridas, Passeou com as autoridades e mídia presentes pelo Delta do Parnaíba, o Parque das Sete Cidades, Jericoacora e Camocim, os Lençóis Maranhenses, São Luis e Fortaleza.

“Vamos levar a família brasileira para regiões até então vasculhadas por mochileiros e veículos 4x4. Conforto e assistência serão marcas indiscutíveis da CVC para oferecer esta novo roteiro”, explicou, indicando alguns dos diferenciais.     A idéia de mais brasileiros conhecendo o Brasil está mesmo incorporada pela operadora, que lança esta série dos seis primeiros novos roteiros de um total de 30 iniciais.

Na realidade, a operadora já comercializava os destinos constantes da rota, porém, de modo diversificado, sem a enfâse que passa a ser dada para o roteiro, com a roupagem apresentada agora. É uma das principais apostas do novo grupo de pacotes ofertados a partir do workshop 2011.

Na prateleira das lojas da CVC e de mais de oito mil agentes de todo o país entram agora, junto com a ‘Rota das Emoçoes’, os roteiros da 1) Chapada Diamantina, 2) Itacaré, Península de Maraú e Morro de São Paulo, 3) Litoral Sul da Bahia, 4) Chapada dos Veadeiros e 5) Jóias da Estrada Real e Inhotim.

Coordenadora do projeto e sua gerente comercial, Lucia Gonçalves levou as estilizadas baianas lembrando Carmen Miranda para a apresentação do roteiro que mereceu observações das autoridades presentes, começando pelo maranhense e ministro do turismo, Pedro Novais: “a grande indústria do turismo para o Nordeste é o turismo, esta é uma prova – e falo com conhecimento de causa porque lá conheço bem”: de Fernando Holanda, secretário de Caucaia e representando no ato o secretário cearense Bismarck Maia: “este produto já estará na ITB de Berlim como roteiro que fará parte dos principais destinos brasileiros para a Copa de 2014”; Silvio Leite, da secretaria do Piauí: “é preciso conhecer, eis uma rota que tem uma agência de turismo sustentável, ao longo dos 300 kms de belezas incríveis.     É     o primeiro produto do Piaui na prateleira da CVC, e cumprimento os empresários do estado pelo incentivo, especialmente o Vitório Marquesi e o grupo Luzeiros pelo apoio “, e Liviomar Macatrão, secretário municipal de turismo de São Luis, que considerou “um roteiro do Brasil para o mundo, uma grande oportunidade de desenvolvimento”.

“Rota de emoções e experiências, com surpresas e atrações em cada um dos oito dias do programa. Ela abre uma nova configuração nos roteiros do produto turístico brasileiro”,considerou Guilherme Paulus, presidente do Conselho de Administração da CVC Viagens.

veja também