Saiba mais sobre Teresópolis (RJ)

Saiba mais sobre Teresópolis (RJ)

Atualizado: Quarta-feira, 11 Fevereiro de 2009 as 12

Teresópolis é privilegiada pela natureza e está estrategicamente localizada próximo a capital Rio de Janeiro. Um dos maiores trunfos turístico da cidade é sediar o Parque Nacional da Serra dos Órgãos e ter boa parte de seu território também protegido pelo Parque Estadual dos Três Picos.

Nesse cenário, as montanhas da Serra dos Órgãos é destaque visto de toda a parte da cidade, destacando-se o famoso Dedo de Deus com 1.692 metros de altitude, e a Pedra do Sino, ponto culminante da Serra dos Órgãos, com 2.263 metros de altitude.

O turismo é outro ponto forte da economia do município, principalmente o segmento do ecoturismo. Alpinismo, excursionismo e caminhadas ecológicas, com a infra-estrutura de abrigos apropriados durante o percurso, são praticados o ano inteiro em Teresópolis, que recebeu o título de "Capital Brasileira do Montanhismo".

É aqui também que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) construiu um dos mais modernos centros de treinamento do mundo para a Seleção Brasileira de Futebol, onde a seleção se concentra antes de competições e jogos importantes.

A Granja Comary não é somente casa da Seleção Brasileira de Futebol, no local existem trabalhos com todas as demais categorias do futebol nacional que são preparadas na Escola Brasileira de Futebol com sua sede também em Teresópolis.

Se as belezas naturais, a hotelaria e a gastronomia já atraem muitos turistas, inclusive nas modalidades do turismo de negócios e de aventura, o ambiente seguro e a completa infra-estrutura econômica fazem com que a cidade se converta em local de moradia e novos moradores que, como a família imperial, encantam-se com o clima privilegiado, a exuberante beleza de sua paisagem montanhosa, além dos belíssimos atrativos naturais e culturais.

O município se destaca na produção de horticultura, setor que devido à alta produção lhe dá o título de maior produtor estadual de hortaliças. A criação de cavalos de raça já se destaca no cenário nacional.

A cidade dispoe de um Centro Universitário, atualmente com 15 cursos oferecidos a população. Em breve a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) oferecerá gratuitamente o 1º curso de Turismo da instituição.

História & Cultura

A família imperial encantou-se profundamente com as belezas naturais e clima desta bela região serrana, onde em freqüentes visitas e períodos de férias na região, descansavam. As origens de Teresópolis datam, portanto, da primeira metade do século XIX.

Em 22 de janeiro de 1808, juntamente com a família real portuguesa, chegava ao Brasil o anglo-lusitano George March, que subiu a Serra dos Órgãos em busca de um clima mais apropriado para quem estava acostumado ao frio europeu, encontrando, a 910 metros de altitude, a região mais alta do Estado do Rio de Janeiro.

March e outros ingleses, em 1820, aqui estabeleceram o que foi o único núcleo brasileiro de colonização britânica: A Fazenda dos Órgãos, ou, como era mais conhecida, a Fazenda March. Lentamente, o povoado que se formou dentro da propriedade foi se desenvolvendo e passou à categoria de Frequesia de Santo Antônio do Paquequer, em 1855. Em 5 de janeiro de 1874, D. Pedro II veio visitar Teresópolis em companhia da Imperatriz Teresa Christina. Hospedaram-se no Sítio São Luis, no atual bairro de Quebra Frascos, onde a Imperatriz, como recordação de sua passagem, plantou uma araucária.

D. Pedro ficou tão entusiasmado com a beleza da região que prometeu torná-la capital do Império, fato que não ocorreu. Todo o crescimento e posterior desenvolvimento desse pequeno núcleo se verificou no sentido Norte-Sul, isto é, os comerciantes que vinham das Minas Gerais em direção ao porto da Estrela, nos fundos da Baía de Guanabara, passando por Petrópolis, visavam esta região como ponto estratégico de repouso. Já Tiradentes e outros inconfidentes preferiam esta via para se deslocar entre Outro Preto e o Rio de Janeiro, justamente para evitar a passagem por Petrópolis.

Em 6 de julho de 1981, através do decreto nº 280 do governador Francisco Portela, a freguesia foi desmembrada do território de Magé e alçada à condição de município, passando a denominar-se Teresópolis, em homenagem à Imperatriz teresa Christina, com um território de 772,46 Km2.

Hoje, Teresópolis desponta não apenas como uma cidade envolvida pela natureza, mas também como um lugar seguro onde crianças e adolescentes podem andar pelas ruas com toda tranqüilidade. O município também é um local onde se desenvolve uma enorme gama de atividades econômicas não-poluêntes.

Esta é a Teresópolis que, com profundas raízes na História do Brasil, começa também, de modo decidido, a apontar para o futuro do país.

Clima & Geografia  

O clima de Teresópolis é um dos mais agradáveis do Brasil, estando cercado de florestas e devido a grande altitude sua temperatura média anual varia em torno de 21ºC, com máxima média de 27ºC e mínima chegando a 04 ºC no inverno.

Como chegar

De Carro:

Saindo da cidade do Rio de Janeiro, vindo da Zona Sul, siga pela Linha Vermelha, Rodovia Washington Luiz, BR-116 até chegar a cidade

De Ônibus:

Em Teresópolis a cidade conta conta com uma única empresa de ônibus prestando serviço a cidade e se chama Viação Teresópolis, possue linha saindo da Rodoviária Novo Rio no Rio de Janeiro e na Rodoviária de Niterói.

veja também