Salvador está entre as concorrentes para se tornar uma das sete maravilhas portuguesas no mundo

Salvador está entre as concorrentes para se tornar uma das sete maravilhas portuguesas no mundo

Atualizado: Segunda-feira, 11 Maio de 2009 as 12

O conjunto arquitetônico do Convento e Igreja de São Francisco e Ordem Terceira, no Pelourinho, está entre os 27 concorrentes para se tornar uma das Sete Maravilhas de Origem Portuguesa no Mundo. Ao todo, são finalistas nove monumentos da África, oito da América Latina e dez na Ásia.

Os sete monumentos portugueses situados no Brasil que estão na briga pelo título são: o forte do Príncipe da Beira, em Rondônia (RO), a igreja de São Francisco de Assis da Penitência, em Ouro Preto, e o santuário do Bom Jesus de Matosinhos, de Congonhas de Campos (MG), o mosteiro de São Bento de Olinda, o convento de Santo Antônio e a Ordem Terceira, Recife (PE) e o mosteiro de São Bento do Rio de Janeiro (RJ). O outro concorrente sul-americano é a Colônia de Sacramento, situado na cidade de Sacramento, Uruguai.

Para que os portugueses conheçam melhor os finalistas do concurso, a RTP está produzindo documentários no Brasil e em todos os outros países que possuem monumentos selecionados. Os jornalistas da RTP chegam à Bahia nesta terça-feira, 12 de maio, apoiados pela Bahiatursa e pela Secretaria de Turismo da Bahia.

O concurso português segue os mesmo moldes daquele lançado em 2001, pela New 7 Wonders Foundation, com sede no Le Corbusier, em Zurique, cujo objetivo é envolver a população mundial em campanhas de divulgação do patrimônio construído pelo homem. Com isso, os organizadores acreditam que estarão contribuindo para a preservação dos conjuntos arquitetônicos.

A votação lusitana já contabilizou mais de 350 mil portugueses e tem como finalistas 27 monumentos portugueses espalhados pelo mundo. Todos eles já são classificados como patrimônio da humanidade pela Unesco. Para votar acesse o site http://www.7maravilhas.sapo.pt . O resultado será apresentado em 10 de junho de 2009.

Também é grande o número de concorrentes fora da América do Sul.  Fora da América-latina, os selecionados são o Convento do Carmo de Luanda (Luanda, Angola), a Cidade Velha de Santiago (Ilha de Santiago, Cabo Verde), Gorgora Nova (Dambiá, Etiópia), a Fortaleza de São Jorge da Mina (São Jorge da Mina, Gana), a Fortaleza de Mazagão (El Jadida, Marrocos), a Fortaleza de Safi (Safi, Marrocos), a Ilha de Moçambique (Moçambique), a Fortaleza de Jesus de Mombaça (Mombaça, Quênia) e a Fortaleza de Kilwa (Kilwa, Tanzânia).

Na Ásia, a fortaleza de Qalat al-Bahrain (Golfe, Bahraine), a igreja de São Paulo (Macau, China), a cidade de Baçaim (Vasai, Índia), a fortaleza de Damão Grande (Damão, Índia), a fortaleza de Diu (Gujarat, Índia), a igreja de Bom Jesus do Goa (Índia), a Sé Catedral de Goa, a fortaleza de Ormuz (Ormuz, Irã), o centro histórico de Malaca (Malaca, Malásia) e a fortificação de Mascate (Mascate, Omã).

veja também