São Luiz do Paraitinga tem festival de inverno

São Luiz do Paraitinga tem festival de inverno

Atualizado: Segunda-feira, 11 Julho de 2011 as 12:16

Nem só de Campos do Jordão é feita a agenda de quem quer curtir o inverno com cultura. São Luiz do Paraitinga, cidade serrana a 170 quilômetros da capital paulista, também é uma boa alternativa com o início de seu 11º Festival de Inverno, nesta sexta-feira (8).

Com 90% da infraestrutura recuperada e 50% das construções totalmente restauradas após a enchente de 2010 – na qual o rio Paraitinga subiu 12 metros e cobriu boa parte do município, afetando 82 construções históricas, entre elas a Igreja Matriz São Luiz de Tolosa, principal marco do local – a cidade volta a atrair o público em geral. Só no carnaval, 20 mil turistas passaram por lá.

Sob o slogan de “Um Friuzinho Esquentadô”, o festival de inverno é uma das 26 festas tradicionais da cidade, que preservam o caráter rural e “caipira” do local. O evento mistura atrações musicais e teatrais com manifestações regionais e ocorre às sextas-feiras e aos fins de semana, até o fim de julho.

O 11° Festival terá a presença do grupo Demônios da Garoa e atrações como o show com Mercado de Pulgas e oficinas de música, pandeiro, violão e canto. Para quem quer algo mais tradicional de São Luiz do Paraitinga, a “Soca Paçoca” é uma atividade para as pessoas aprenderem, produzirem e provarem a Paçoca de Pilão. Os que gostam de uma boa serenata, como aquelas feitas para a pessoa amada, podem participar das serestas pela cidade.

Outra atração bem regional ocorre no sábado (9). É a final do Arraiá do Chi Pul Pul. “A criatividade do povo luizense é mesmo grande. O nome do arraial surgiu do antigo costume de soltar foguete de vara”, explica o diretor de turismo da cidade, Eduardo de Oliveira Coelho. “O barulho do foguete era justamente esse ‘shiiiiiii’ e quando ele estoura faz pul, pul”, complementa.

Quem quiser fugir do frio da noite também poderá encontrar atividades ao longo do dia, quando a temperatura sobe um pouquinho. Uma delas é o Calçadão Cultural, onde uma feira de artesanato será montada. Lá será armada uma banca de informações turísticas, com guias disponíveis para fazer passeios e trilhas com os visitantes.

Segundo o diretor de turismo Eduardo de Oliveira, as fotos ficam até mais bonitas nessa época do ano devido à iluminação, que não é tão forte como nos dias de sol do verão. Na cidade existem três opções de trilhas: da Piratininga, do Poço do Pito e do Ipiranga

Lugar aconchegante para descansar

Depois de participar das atividades do festival de inverno, o fogão à lenha da pousada Quinta das Amoreiras ajuda a esquentar e cria um ambiente aconchegante para o descanso. Para quem gosta de tomar um chá e conversar com os amigos perto da lareira, o local é ideal: todo fim de tarde uma mesa com chá e bolo é posta.

A pousada é construída em um terreno reflorestado com espécies nativas, o que permite a visualização de pássaros como sabiá, joão-de-barro, pica-pau, bem-te-vi e até corujas que vão se alimentar nas árvores frutíferas. O turista pode aproveitar, ao mesmo tempo, o agito do festival e a tranquilidade de uma pousada mais campestre, com direito a lareira nos quartos.

Além da Quinta das Amoreiras, São Luiz do Paraitinga tem mais 12 pousadas com diárias que variam de R$ 70,00 a R$ 120,00, por pessoa.

Serviço:

11º Festival de Inverno de São Luiz do Paraitinga

Pousada Quinta das Amoreiras

Estrada do Alvarenga, 0,5 km, Bairro Turvo – São Luiz do Paraitinga (SP)

Tel: (12) 9603-9861

e-mail: [email protected]

Passeio em trilhas

Horário de visitação: das 8h às 17h

Agendamento prévio pelo telefone (12) 3671-9159 / 9266

veja também