São Paulo recebe primeira mostra individual de Henri Matisse

São Paulo recebe primeira mostra individual de Henri Matisse

Atualizado: Quinta-feira, 3 Setembro de 2009 as 12

No Ano da França no Brasil, São Paulo receberá a primeira exposição individual do artista francês Henri Matisse (1869-1954). A mostra "Matisse Hoje" reunirá cerca de 80 obras de importantes coleções públicas e privadas do Brasil e da França, como o Musée National d’Art Moderne – Centre Pompidou (Paris, França), a Biblioteca Nacional da França e o Musée Matisse (Le Cateau-Cambrésis - França). A exposição será aberta ao público em 5 de setembro na Pinacoteca do Estado de São Paulo e ficará em cartaz até 1º de novembro. Na noite da próxima sexta-feira, será realizada uma cerimônia de abertura reservada a convidados.

"Henri Matisse foi um dos mais importantes artistas do século 20. A exposição em São Paulo, a sua primeira exibição individual no País, é um dos pontos altos do calendário oficial do Ano da França no Brasil. Será uma oportunidade inesquecível de conhecer com profundidade a sua obra e seu processo criativo", comemorou o diretor de Relações Internacionais do Ministério da Cultura, Marcelo Dantas.

A exposição foi montada com a curadoria de Emilie Ovaere, curadora adjunta do Musée Matisse, e assistência de Regina Teixeira de Barros, do corpo técnico da Pinacoteca do Estado. A mostra é composta por cerca de 80 obras, entre pinturas, esculturas, desenhos, fotos, documentos e livros ilustrados de Henri-Émile-Benoît Matisse.

Na mostra, o público poderá acompanhar a evolução do processo criativo do artista, em um percurso retrospectivo. Entre os destaques, estão as obras "Nature morte au magnoia" (1941) e "Nu rose assis" (1935-36), vindas do o Musée National d’Art Moderne – Centre Pompidou, em Paris; os painéis serigrafados "Océanie", "Le ciel" e "Océanie, la mer"; e as pranchas do livro "Jazz", editado em 1947. Outro destaque da mostra são as imagens realizadas por importantes fotógrafos como Henri Cartier-Bresson e Man Ray, que retratam Matisse no cotidiano e no ateliê.

Além das obras de Matisse, a mostra será acompanhada por trabalhos de cinco artistas da cena francesa contemporânea que dialogam com a criação do artista: Philippe Richard (Dijon,1962), Pierre Mabille (Amiens, 1958), Cécile Bart (Dijon, 1958), Christophe Cuzin (Saint Simeon, 1956) e Frédérique Lucien (Briançon, 1960).

A exposição integra as comemorações do Ano da França no Brasil e conta com o patrocínio do Bradesco Prime e apoio dos governos francês e brasileiro, da Biblioteca Nacional da França, da CulturesFrance e do Ministério da Cultura do Brasil, por meio da Lei Rouanet.

Serviço:

Matisse Hoje

Dias: De 5 de setembro a 1º de novembro

Pinacoteca do Estado

Praça da Luz, 2 - São Paulo

De terça a domingo, das 10h às 18h

Entrada: R$ 6 e R$ 3 (meia)

Grátis aos sábados

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também