Seis museus incríveis para ir com crianças

Seis museus incríveis para ir com crianças

Atualizado: Terça-feira, 17 Maio de 2011 as 9:44

Conheça e inclua no roteiro espaços recheados de arte e cultura que vão agradar e divertir em cheio a garotada

Quando se viaja com crianças sempre se pensa em um roteiro que possa incluir passeios para divertir  e distrair  a garotada. Na lista de lugares a serem visitados, há muitos museus voltados especificamente para o público infantil, sempre com muita interatividade e criatividade  e que certamente vão agradar tanto os pequenos quanto os pais.

Conheça alguns exemplos de lugares bacanas para ir com a criançada e, de quebra, aprender um pouco mais sobre arte e cultura na base da brincadeira.

Com cinco andares de pura diversão, o Museu das Crianças de Manhattan, em Nova York, é recheado de atrações bacanas. Entre elas está a exposição Deuses, Mitos e Mortais, na qual as crianças conhecem mais sobre a Grécia antiga de maneira interativa.

No espaço, os pequenos podem entrar na réplica de três metros do Cavalo de Troia  símbolo da guerra entre os povos gregos e troianos , ou então ouvir os ensinamentos do filósofo Aristóteles ou, ainda, tirar um braço de ferro com uma máquina que representa o herói mitológico Hércules.

Já no verão, a Splash City chama a atenção do público mirim. Trata-se de uma minicidade aquática na área externa do museu onde se participa de experiências como flutuar na água, ver a formação das marés e a geração de energia. Para as crianças de até quatro anos, o espaço Aventuras com Dora e Diego" é ideal, com um andar inteirinho onde os pequenos podem explorar uma floresta artificial para conhecer os hábitos dos animais.

Onde fica: 212 West 83rd Street (esquina com Broadway).

Quando abre: de terça a domingo, das 10h às 17h (aos sábados, até às 19h). Fechado às segundas-feiras.

Quanto custa: US$ 10 (crianças e adultos).

Quem estiver em Miami, na Flórida, com crianças não deve deixar de conhecer o Childrens Museum, um espaço com 14 galerias, todas voltadas totalmente para o público infantil. Na seção Castelo dos Sonhos, por exemplo, a garotada sobe em um castelo de areia de dois andares e explora diferentes praias pelo mundo.

Além da interatividade, o aprendizado também está presente em muitas exposições. Em um banco fictício, as crianças fazem suas próprias contas e percebem a melhor maneira de gastar e de poupar dinheiro. Na galeria sobre saúde, o foco é mostrar como uma boa nutrição e exercícios físicos contribuem para uma vida saudável.

Já o Pet Central também é bastante divertido. Ali, os pequenos conhecem mais sobre os cuidados com os bichos de estimação e elegem aquele que mais combina com a família. Tem, ainda, um estúdio de gravação para colocar as crianças em contato com o universo musical e instrumentos de diferentes países.

Onde fica: 980 MacArthur Causeway, Miami.

Quando abre: diariamente, das 10h às 18h.

Quanto custa: US$ 15 (crianças e adultos).

Museu das Crianças  Lisboa (Portugal)

Viajar pelo corpo humano, fingir ser um cientista maluco e fazer muitas experiências são apenas algumas das atividades disponíveis no Museu das Crianças de Lisboa, em Portugal, localizado dentro do jardim zoológico da cidade.

A vantagem de quem estiver em terras lusitanas é aproveitar o passeio integralmente, já que todas as atrações são em português, facilitando a interatividade com o público brasileiro. O local tem exposições fixas e temporárias, como a Sentidos e Emoções  Segredos para Desvendar, que vai até julho.

Nela, as crianças aprendem sobre os cinco sentidos do corpo de maneira divertida. Para deixar o museu ainda mais atrativo, tem ainda diversas oficinais culturais dedicadas ao teatro, à música e à arte, como o ateliê de pintura onde as crianças podem soltar a criatividade. A imaginação também é foco dos trabalhos, com a contação de histórias como a de Chico Mateus, um menino que se torna bom aluno depois de sonhar com o espírito da matemática.

Onde fica: Estrada de Benfica, Lisboa (dentro do Jardim Zoológico).

Quando abre: aberto ao público em geral aos finais de semana e feriados, das 10h às 18h (fecha para o almoço das 13h30 às 14h30).

Quanto custa:  4,50 (adultos) e  4 (crianças e idosos).

Musée de la Poupée - Paris (França)

Entre as inúmeras atrações bacanas da cidade-luz, o Musée de la Poupée é uma boa pedida para quem vai com crianças a Paris - especialmente com as meninas, que vão se encantar com o museu da boneca. Inaugurado em 1994, a partir de uma coleção particular, o acervo foi aumentando com doações e hoje abriga bonecas do período de 1800 até 1945.

Há itens de todos os tipos: de cera, de porcelana, de pano, de plástico, de papel maché e muitos outros materiais. É interessante observar e mostrar às crianças como as bonecas refletem diferentes episódios da história.

Na época imperial, por exemplo, as bonecas na Europa eram feitas de madeira e representavam mulheres adultas. O brinquedo tinha o papel de mostrar às senhoritas como elas deveriam se comportar e se vestir quando fossem casadas. Já no século 20, as bonecas que imitavam bebês dominaram o mercado ocidental para desenvolver nas meninas o instinto maternal.

Onde fica: Impasse Berthaud, Paris.

Quando abre: de terça a domingo, das 10h às 18h (fechado às segundas e feriados).

Quanto custa:  8 (crianças maiores de 12 anos e adultos),  6 (idosos com mais de 65 anos) e  4 (crianças de 3 a 11 anos).

Magic Bean House Childrens Museum  Pequim (China)

Além de conhecer uma cultura bastante diferente, os brasileiros que estiverem na China podem aproveitar para dar uma passadinha com as crianças no Museu das Crianças Casa do Feijão Mágico, que fica em Pequim. O passeio certamente vai contribuir para mostrar aos pequenos algumas peculiaridades e curiosidades do país.

As atrações são oferecidas tanto em mandarim como em inglês, mas muitas das atividades podem ser aproveitadas mesmo sem saber falar os idiomas. Uma das seções mais disputadas são as oficinas culturais, com aulas de artesanato, projetos ambientais e jogos temáticos.

Em uma delas, as crianças aprendem, por exemplo, a construir esculturas a partir de latas de refrigerante ou até mesmo de macarrão. A parte literária também merece destaque, como o conto do feijão mágico que dá nome ao museu e os clássicos locais, além de colocar as crianças em contato com músicas e danças típicas chinesas.  

Onde fica: 7 Chaovang Park Road, Chaovang District, Pequim.

Quando abre: de segunda à sexta, das 10h às 18h, e aos sábados e domingos, das 9h às 18h.

Quanto custa: 80 RMB (crianças de 2 a 8 anos), 40 RMB (adultos e crianças de seis meses a 2 anos) e grátis para menores de seis meses.

Museu Catavento Cultural e Educacional - São Paulo (Brasil)

Que tal explorar o interior de uma caverna e conhecer melhor suas estruturas Ou então fazer uma viagem virtual a qualquer lugar do sistema solar Muita interatividade e aprendizado são o que promete o Catavento Cultural e Educacional, museu instalado no antigo Palácio das Indústrias, em São Paulo.

O espaço é dividido em quatro áreas, para melhor orientar e divertir as crianças: Universo, Vida, Engenho e Sociedade. Até mesmo assuntos um pouco mais complicados, como nanotecnologia, podem ser absorvidos mais facilmente por meio de jogos interativos e lúdicos.

Já na Sala das Ilusões, a diversão é garantida com imagens com dupla interpretação, objetos que se movem para cima e até fotografias que se mexem. Na seção de Eletromagnetismo, as crianças ficam literalmente com os cabelos em pé para testar, na prática, a energia que fazem os raios acontecerem.

Onde fica: Palácio das Indústrias, s/nº - Parque Dom Pedro II, São Paulo.

Quando abre: de terça a domingo, das 9h às 17h.

Quanto custa: R$ 6 (adultos) e R$ 3 (crianças de 4 a 12 anos, estudantes com carteirinha, idosos e deficientes).

veja também