Setor hoteleiro ganha incentivo na preparação para a Copa de 2014

Setor hoteleiro ganha incentivo na preparação para a Copa de 2014

Atualizado: Quarta-feira, 3 Março de 2010 as 12

O ministro do Turismo, Luiz Barretto, participou hoje, 3, em Fortaleza (CE), do lançamento de uma linha de financiamento específica para a rede hoteleira, com foco na Copa do Mundo de 2014. O Proatur Copa utiliza recursos dos Fundos Constitucionais de Financiamento (FCOs) do Norte, Nordeste e Centro-Oeste e é uma das ações do governo federal para incentivar a construção, ampliação e reforma dos hotéis brasileiros.

O lançamento aconteceu na sede do Banco do Nordeste (BNB) e contou com a presença de representantes do governo do estado e da iniciativa privada. Segundo Luiz Barretto, a linha vai permitir que as cidades do Nordeste que serão sede na Copa do Mundo se preparem para receber a grande demanda turística na época do evento.

"A intenção do governo federal é estimular a rede hoteleira, e as condições são vantajosas. A ideia é que Fortaleza e as demais cidades aproveitem esse incentivo para que o Nordeste esteja pronto em 2014 e se consolide ainda mais como uma das grandes portas de entrada do turismo brasileiro."

Com a nova linha de financiamento, os prazos para pagamento dos empréstimos subiram de 15 para 20 anos. As taxas de juros variam de 6,75% a 10% ao ano, dependendo do porte da empresa. O valor total dos recursos disponibilizados a partir dos FCOs é de cerca de R$ 1 bilhão. No Nordeste, o onde o responsável por operar o crédito é o BNB, o montante para empréstimo é de cerca de R$ 312 milhões.

O ministro lembrou que o governo federal já lançou uma linha de financiamento semelhante, com recursos de R$ 1 bilhão do BNDES, também com o objetivo de preparar a hotelaria nacional para a Copa 2014.

"Apostamos na nossa iniciativa privada, e é claro que se lá na frente mais recursos forem necessários, o BNB e demais operadores estarão atentos para atender a demanda. É interesse de todos nós que o setor hoteleiro esteja pronto para receber bem os turistas na época da Copa 2014, tanto de outros estados como de outros países", afirmou Barretto.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também