Setor hoteleiro precisa capacitar profissionais para a Copa

Setor hoteleiro precisa capacitar profissionais para a Copa

Atualizado: Terça-feira, 23 Março de 2010 as 12

A realização da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil reforça a necessidade de capacitação de profissionais na área de hotelaria. Foi o que afirmou à Agência Brasil a presidente da ABG (Associação Brasileira de Governança Hoteleira), Maria José Dantas.

De acordo com estimativa da ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis), a oferta de apartamentos de hotel deverá subir até 2016 das atuais 28,2 mil unidades para 48 mil. "Tomando por base a produtividade média da mão de obra mais básica, que é de 16 apartamentos por camareira, eu precisaria ter 3 mil camareiras atuando no mercado. Acontece que hoje eu tenho 28,2 mil apartamentos. Então, o mercado hoje já é carente. Já existe uma lacuna enorme aí de profissionais formados."

Maria José afirmou que somente para a função de camareira, sem contar os outros tipos de serviços prestados em um hotel, deveria haver em 2014 mais 1,5 mil profissionais formados para atender a essa nova demanda. Ela enfatizou que existe um grande trabalho a ser feito no sentido de capacitar, reciclar e aperfeiçoar o setor de governança hoteleira no país.

A ABG está buscando o apoio do Ministério do Turismo para viabilizar o projeto Eu Sou o Brasil, lançado pela entidade no fim do ano, cujo foco é o treinamento, a formação, o aperfeiçoamento e a capacitação de governantas, camareiras e supervisores, entre outros profissionais que trabalham no setor hoteleiro. A ABG já conseguiu estabelecer parceria com o Sindrio (Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes do Rio de Janeiro). "Estamos na fase inicial de avaliação do projeto pelas instituições."

A presidente da ABG disse que o custo dos treinamentos está avaliado em R$ 250 por aluno formado no Rio de Janeiro, com uma carga horária de 100 horas, das quais 20% seriam presenciais, isto é, realizadas nos próprios hotéis. A ideia é estender essa estrutura a todas as 12 cidades que vão sediar os jogos da Copa do Mundo de futebol.

A ABG vai participar pela primeira vez da feira Super Rio Expofood, que começa nesta terça-feira (23) no Riocentro e vai até quinta-feira (25). "A feira está se abrindo para a hotelaria também, apesar de ser focada nas áreas de alimentos e gastronomia". A pretensão dos organizadores, contudo, afirmou Maria José, é que a partir do próximo ano a participação do segmento hoteleiro venha a se consolidar. "Então, estamos iniciando uma parceria com a Expofood para os próximos anos".

Fundada em 2003, a ABG reúne cerca de mil associados em nível nacional. A entidade tem cinco núcleos, distribuídos nas cidades do Rio de Janeiro, de São Paulo, Fortaleza, Florianópolis e Salvador.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também