SPTuris realiza palestra sobre a atratividade dos museus da cidade

SPTuris realiza palestra sobre a atratividade dos museus da cidade

Atualizado: Quarta-feira, 20 Maio de 2009 as 12

A Semana Nacional dos Museus tem nesse ano o tema "Museu e Turismo". Como parte da comemoração, o Museu da Língua Portuguesa hospedou uma palestra da diretora de turismo e entretenimento da SPTuris, Luciana Leite, que falou sobre a "Atratividade dos museu de São Paulo" e do desafio da entidade em trazer essas atrações para o público da própria cidade, e depois para os turistas que vem de fora.

A maioria dos 110 museus de São Paulo encontra-se na região central e sudoeste da cidade. Uma pesquisa realizada pelo mais visitado deles, o da Língua Portuguesa, revelou de 77% de pessoas que o conheciam pela primeira vez, 10,7% eram do interior do estado, 31,2% de outros estados brasileiros, e 2,5% fora do Brasil. Esses dados mostram quanto o fluxo de turistas acrescenta para os museus e como a adaptação para um novo tipo de museu traz resultados.

Esse novo conceito de museu, segundo Luciana, é um espaço que pense em uma estrutura para receber eventos, que possua interatividade com seu visitante, infra-estrutura adequada para receber os turistas, com local para alimentação e compra de souvenires, e uma exposição "arrasta-quarteirão", ou seja, que chame a atenção do público. Essas características chamam atenção do público e trazem aqueles que não tinham costume de freqüentar esse tipo de espaço cultural. Leite deixou claro que isso não anula os outros tipos de museus, e que a cidade de São Paulo traz opções para todos os gostos.

Os principais problemas identificados pela diretora são a falta de uma estrutura básica nos museus (transporte público na região, estacionamentos), a má conservação do espaço e do acervo, falta de entretenimento para o visitante, informações na internet, visitas monitoradas e principalmente de uma aproximação dos agentes e guias com os museus. Essa relação ainda frágil precisa se fortificar para que esses espaços culturais possam ser vendidos como produtos atraentes, dentro de pacotes que facilitem a vida do turista.

veja também