Subsolo do Coliseu aberto para visitação

Subsolo do Coliseu aberto para visitação

Atualizado: Segunda-feira, 1 Novembro de 2010 as 2:19

Boa notícia para os apaixonados pela história de Roma: o governo italiano acaba de abrir para visitação a parte inferior do Coliseu. Essa é a primeira vez que o público terá acesso ao labirinto de corredores que, nos tempos do império, se escondia abaixo da arena principal. Além disso, a visita a um setor da arquibancada que desde a década de 1970 foi proibido para os turistas também será liberada.

O conjunto de túneis e passagens subterrâneas recém-aberto serviu para abrigar os gladiadores que iriam se enfrentar no anfiteatro mais famoso da Antiguidade. Além das celas em que os guerreiros aguardavam por combates mortais, o visitante vai se deparar com enormes celas que trancavam animais como leões, panteras e até elefantes, todos usados em vários dos embates. Mas os antigos não pensaram só em acomodar os lutadores: o subterrâneo do Coliseu possui também um elaborado sistema de rampas e elevadores que garantia as entradas triunfais dos gladiadores na arena principal.

O anfiteatro mais famoso do mundo antigo começou a ser construído por volta de 70 d.C., pelo imperador Vespasiano. As obras só foram encerradas no início da década de 80 d.C., e a inauguração do “Anfiteatro Flávio” (nome correto do monumento) ficou por conta de Tito. No entanto, foi Domiciano, sucessor de Tito, quem finalizou os últimos ajustes do edifício, incluindo o setor subterrâneo que acaba de ser aberto.

O site do History Channel (www.history.com) informa que, com a abertura desses novos setores, praticamente 90% do Coliseu se tornou acessível ao público comum.

veja também