Sul da França encanta com cidades lindas e agitadas

Sul da França encanta com cidades lindas e agitadas

Atualizado: Quarta-feira, 24 Agosto de 2011 as 2:21

Cheia de badalação e banhada pelas águas transparentes do Mar Mediterrâneo, a chamada Costa Azul da França é um dos lugares mais procurados por turistas durante o verão europeu. O sol e a beleza - natural e humana - estão presentes por todo o litoral que, cada vez mais, é o destino escolhido por brasileiros para as férias de meio de ano. Com ótimas estradas e cidades próximas umas das outras, a aventura é feita de carro, desvendando toda a magnífica região francesa.

Tudo começa em Mônaco. Um desfile de glamour a cada esquina, sempre cercado de carros luxuosos, com o Cassino de Montecarlo bem no coração do Principado, que é um micro-estado com um território de 2 Km².

Não há pobreza nem violência. Um dos lugares mais chiques da Europa foi feito para passear a pé. Pode-se fazer todo o percurso da pista do Grande Prêmio de Fórmula 1. O turismo vem aumentando a cada ano e já é possível encontrar hotéis com preços razoáveis para passar algumas noites.

Apenas 21 km separam Mônaco de Nice, a segunda cidade francesa que mais recebe turistas, logo atrás de Paris. Lugar perfeito para quem curte dias ensolarados. Lá, o sol aparece durante cerca de 300 dias por ano. Nice é famosa pelas praias de cascalho. Sim, a areia não existe por lá - E o topless é bem comum! A Promenade des Anglais, mais famosa avenida da Costa Azul, é o lugar perfeito para passar o fim de tarde e fica cheia de casais passeando, gente correndo, jovens patinando. E o pôr do sol é daqueles programas imperdíveis.

A viagem de Nice a Cannes dura apenas 30 minutos. São 33 km até a cidade mais culta da costa francesa, meca do cinema europeu. Discreta, mas ao mesmo tempo sofisticada, Cannes tem belas e calmas praias e uma vida social bem agitada. Lugar perfeito para comer peixes e frutos do mar acompanhados do tradicional champanhe francês.

Seguindo mais 70 km chegamos a Sainte-Maxime, ótima opção para servir como base para visitar Saint-Tropez. Mais barata e com boas opções de hotéis, a pequena cidade fica a 16 km da antiga vila de pescadores. Saint-Tropez é um ovo, com ruas estreitas, mas cheia de charme. O porto enfrenta um engarrafamento de lanchas de jovens milionários e estrelas de Hollywood. As boates são disputadas. E os fotógrafos estão por todos os lados atrás de celebridades.

A aventura termina na pequena Cassis, a 112 km de Saint-Tropez - cenário dos Calanques, pequenas praias de águas transparentes escondidas entre uma região montanhosa. O acesso é difícil, mas vale cada esforço. Só é possível descobrir esse paraíso seguindo por trilhas, com subidas e descidas.

É cansativo, mas extremamente recompensador. É maravilhoso olhar do alto de montanhas e ver o horizonte com uma mistura de pedras, floresta e mar. Um dos lugares mais fantásticos da Europa.

Crepes e pizzas, as opções

É difícil gastar pouco em Saint-Tropez. Tudo é muito caro. Das diárias dos hotéis aos estacionamentos públicos. Mas é possível economizar e ainda comer muito bem. Em pleno píer, La Crêperie Bretonne serve crepes maravilhosos de queijo ou nutella por R$ 21. Na Pizzeria Bruno é possível saborear uma ótima pizza por R$ 30. E a sobremesa precisa ser na famosa Giovanni Gelateria. O sorvete de pistache sai por R$ 12.

Calanque

As praias escondidas nos calanques estão entre as maiores preciosidades da França. A Calanque d'En-Vau está entre as dez mais bonitas de todo o mundo, eleita pelo jornal americano The New York Times. No total, são 14 praias, mas apenas oito podem ser visitadas após caminhadas repletas de subidas e descidas. É possível também fazer os passeios de barco, saindo do porto de Cassis. Eles mostram uma visão diferente dos calanques.

veja também